Buscas recentes
Limpar

Estamos empenhados em ajudá-lo a se sentir confiante em sair novamente. Descubra as nossas políticas de cancelamento e o que os nossos operadores estão fazendo para o manter protegido e procure atividades com fortes medidas de higiene e segurança. À medida que a conjuntura atual evolui, deve sempre verificar as regulamentações locais mais recentes sobre o seu destino.

Leia mais

Charleston Atrações

Categoria

Old Exchange & Provost Dungeon
22 excursões e atividades
O Old Exchange é considerado um dos prédios mais significativos da história dos Estados Unidos. A estrutura foi concluída em 1771 e rapidamente se tornou um centro comercial e cultural de destaque com a expansão do porto e das importações e exportações de Charleston. Esse é o antigo local de banquetes oferecidos por George Washington, e onde a Declaração de Independência foi lida pela primeira ao povo da Carolina do Sul. Também foi aqui que a Constituição da Carolina do Sul foi ratificada.

Hoje em dia, a construção é um museu vivo, onde a história colonial e revolucionária de Charleston ganha vida, com docentes fantasiados em cada um dos três andares.

Charleston é conhecida por ser uma cidade assombrada, e debaixo do seu edifício público mais proeminente encontra-se o Provost Dungeon - que dizem ser assombrado pelos fantasmas de seus ex-prisioneiros. A masmorra antecede o edifício do Old Exchange em quase um século, e os visitantes ainda podem ver o que sobrou da muralha original da cidade de "Charles Town".

Leia mais
Joseph Manigault House
star-3.5
7
Uma excursão ou atividade
Esta casa histórica de Charleston, agora parte do Museu de Charleston, é um exemplo bem preservado da arquitetura federativa tão importante na história e cultura da cidade. Foi construída em 1803 pelo arquiteto Gabriel Manigault para o seu irmão, Joseph, um barão do arroz e uma influente figura da sociedade de Charleston naquela época. A casa de três andares agora é um marco histórico nacional, mostrando o estilo de vida urbano de famílias ricas do século 19.

Andando pelo salão central da casa, a imponente escada em espiral e o lustre de cristal já impressionam de cara. Os quartos foram mantidos no seu estilo de época, elegantemente decorados com uma combinação dos estilos inglês, francês e americano, com paredes em cores vivas e móveis antigos por toda parte. Do lado de fora, pode-se admirar a fachada de tijolos da casa e o Gate Temple, com um bem cuidado jardim de época. Ao lado da casa, as fundações históricas da antiga cozinha, senzalas e lavatórios da propriedade aguardam para serem explorados.

Leia mais
Aiken-Rhett House
4 excursões e atividades
Para um vislumbre mais aprofundado sobre como era a vida antes da guerra em uma fazenda na Carolina do Sul, visite a Casa Aiken-Rhett em Charleston. Única fazenda urbana sobrevivente, o complexo de 1818 mudou pouco desde que foi ampliado em 1858. Os quartos estão decorados com a arte e mobiliário adquiridos pelos proprietários há mais de 150 anos.

Um passeio da mansão o leva através da galeria de arte da casa, e das suas salas de jantar e de estar. A casa das carruagens e a cozinha na parte de trás da mansão eram uma senzala, e estão entre os exemplos mais bem preservados da região.

Leia mais
Rainbow Row
star-5
3
33 excursões e atividades
Esta rua de casas coloridas em Charleston é definitivamente o local mais fotografado da cidade. Com um olhada na arquitetura, beleza e estilo do sul que estas casas representam, é fácil perceber o porquê. Há 14 prédios diferentes enfileirados, cada um com a sua própria parte na cultura e história de Charleston.

Há muitos rumores a respeito de porque as casas são pintadas em tons pastel, desde a identificação para os marinheiros que retornavam para casa até a indicação do que as lojas já contiveram. Outros afirmam que as casas são influenciadas pelo tradicional estilo caribenho.

Os prédios de Rainbow Row foram construídos no século 18. Historicamente, eles já fizeram parte do coração da área comercial de Charleston, com lojas no primeiro andar e os seus proprietários vivendo nos pisos superiores. Depois de um período de abandono, eles foram renovados por uma residente local no início do século 19, e têm sido restauradas e reverenciadas desde então.

Leia mais
Fort Sumter National Monument
20 excursões e atividades
Este forte federal no Porto de Charleston agora é um parque nacional conhecido como "o lugar onde a Guerra Civil Americana começou". Em 12 de abril de 1861, as tensões foram elevadas entre o Norte e o Sul, quando as forças confederadas dispararam contra as tropas do forte. O Forte Sumter foi entregue apenas 34 horas depois, marcando o início da guerra.

O Forte Sumter foi construído após a guerra de 1812 para fortalecer e proteger o porto. A construção começou em 1829 e continuou até a Batalha do Forte Sumter, em 1861. Sua fundação é uma ilha artificial de 70 mil toneladas de granito e pedra. Ele foi nomeado segundo o revolucionário americano General Thomas Sumter.

O monumento nacional inclui o original Forte Sumter, o Centro de Educação dos Visitantes nas margens do Rio Cooper e o Forte Moultrie, na Sullivan's Island. O museu do centro de educação investiga a história da construção do forte e oferece informações detalhadas sobre o seu papel na Guerra Civil.

Leia mais
Aiken-Rhett House
Uma excursão ou atividade
Este museu histórico é conhecido por ser um dos melhores exemplos da arquitetura pré-guerra no Sul, em Charleston. Ele foi originalmente construído como uma casa de propriedade privada em 1820, pelo comerciante local John Robinson, e mais tarde comprado, em 1858, pelo governador William Aiken, cuja família é responsável pela luxuosa decoração dos interiores. Com mobiliário antigo e papel de parede original, muito do estilo da época permanece intacto. Vários objetos e obras de arte da família, adquiridos para a casa enquanto viajavam pela Europa, ainda podem ser encontrados nos quartos para os quais foram comprados.

Caminhe pela histórica varanda de lateral dupla, estábulos, garagem de carruagens, cozinha e senzala. Você vai aprender sobre os empregados, que incluíam lacaios, cozinheiros, jardineiros e costureiras, bem como a vida na era pré-Guerra Civil. Depois, entre e veja a coleção de esculturas, pinturas e lustres ao visitar a casa e aprender sobre a família que morou nela.

Leia mais
Patriots Point Naval & Maritime Museum
8 excursões e atividades
Localizado no belíssimo Charleston Harbor, na foz do rio Cooper, fica o Patriots Point e Museu Marítimo. O lar do USS Yorktown (um porta-aviões), do USS Laffey (destruidor) e do USS Clamagore (um submarino), o Patriots Point é um local histórico de destaque para qualquer pessoa interessada na história Naval e embarcações, bem como um lugar construído para exploração interativa para adultos tanto quanto crianças que apreciam técnicas participativas de aprendizagem.

Testemunhando a Segunda Guerra Mundial e a Guerra do Vietnã, o USS Yorktown sem dúvida é o destaque do Patriots Point, pois foi este porta-aviões altamente condecorado que marcou a abertura do museu em 1976 e hoje abriga a Museu das Medalhas de Honra do Congresso. Com a sua plataforma traseira angular e armamento impressionante, o Yorktown também é o lar de 25 aeronaves navais, incluindo um Tomcat F-14 e um A-7 Corsair, ambos disponíveis para visualização.

Leia mais

icon_solid_phone
Reserve online ou por telefone
+55 (21) 3956-1660
+55 (21) 3956-1660