Buscas recentes
Limpar

Estamos empenhados em ajudá-lo a se sentir confiante em sair novamente. Descubra as nossas políticas de cancelamento e o que os nossos operadores estão fazendo para o manter protegido e procure atividades com fortes medidas de higiene e segurança. À medida que a conjuntura atual evolui, deve sempre verificar as regulamentações locais mais recentes sobre o seu destino.

Leia mais

Cusco Atrações

Categoria

Sacsayhuaman (Saqsaywaman)
star-4.5
93
327 excursões e atividades

O Sacsayhuaman é a maior e mais impressionante de quatro ruínas arqueológicas nos arredores de Cusco. Construída pelos Incas, teve uma importante função militar e foi o local de uma grande batalha com os espanhóis em 1536. O próprio nome pode ser traduzido como "cabeça salpicada" e dizem que a cidade de Cusco foi feita na forma de um puma, com Sacsayhuaman sendo a cabeça.

O complexo foi construído a partir de pedras maciças, algumas pesando até 300 toneladas, encaixadas sem o uso de argamassa. Hoje, muitas das paredes exteriores, construídas em uma formação ziguezague de camadas, permanecem, assim como vários túneis e do "Trono do Inca." Este é uma série de grandes rochas com sulcos usados por muitos visitantes para escorregar. A grande praça, que recebe vários milhares de pessoas, já foi lar de atividades cerimoniais e continua a ser usada hoje em dia - principalmente para a celebração anual do festival Inti Raymi, no final de junho.

Leia mais
Cusco Cathedral (Catedral del Cuzco)
star-4.5
91
225 excursões e atividades

A Catedral de Cusco de Santo Domingo é uma joia colonial, ostentando um altar de prata e uma plataforma magnificamente esculpida. O prédio fica no local de um palácio inca, e foi construÍdo com blocos de pedra retirados pelos triunfantes conquistadores da cidade inca de Sacsayhuaman, na proximidades.

A catedral elaboradamente decorada foi construída entre 1559 e 1654 na praça principal, a Plaza de Armas, e é preenchida com obras de arte colonial, artefatos e capelas. A obra de arte mais famosa é a pintura da Última Ceia por Marcos Zapata, apresentando uma refeição local de porquinho da Índia, servida com uma bebida inca derivada do milho. A fachada altamente ornamentada apresenta duas cúpulas que ladeiam as capelas e nave da igreja, construídas em estilo híbrido gótico-renascentista.

Leia mais
Tambomachay
star-3.5
3
198 excursões e atividades

Tambomachay pode até não ser uma das maiores ruínas em Cusco, mas é definitivamente uma das mais altas, chegando a quase 3962 metros.

Localizada a 8 km do centro da cidade, Tambomachay também é conhecida como “os banhos dos incas” devido as múltiplas banheiras espalhadas pelo local. Os incas tinham uma relação com as águas como uma das fontes da vida, e as águas da nascente de Tambomachay são magistralmente desviadas para aquedutos, banheiras e vias navegáveis esculpidas em pedra. Dada a beleza natural do local e o significado espiritual de suas águas, historiadores acreditam que Tambomachay tenha sido reservada para a realeza inca. Ao visitar Tambomachay em dias atuais, não se esqueça de admirar o mosaico de pedra lisa que forma as paredes da ruína. A maneira como as pedras estão perfeitamente empilhadas umas sobre as outras é um exemplo do artesanato que tornou os incas tão famosos.

Leia mais
Qorikancha (Coricancha)
star-4.5
100
182 excursões e atividades

O site Inca de Qorikancha forma as fundações da igreja colonial de Santo Domingo, criando uma combinação incomum de monolítico Inca e arquitetura colonial em arco.

Qorikancha significa ‘pátio dourado’, e em tempos incas as paredes do templo eram revestidas com 700 folhas de ouro maciço, provando ser uma isca tentadora para os conquistadores. As camandas douradas e estátuas de ouro e prata foram derretidas e reformuladas pelos espanhóis, mas a impressionante parede curva lavrada de basalto permanence. Acredita-se que o complexo do templo tenha sido construído pelo primeiro imperador Inca, Manco Capac, 100 anos antes da chegada dos espanhóis. O local foi construído como um observatório e templo religioso ao sol, abrigando os corpos mumificados dos governantes incas.

Quando você entrar no pátio, imagine a frente octagonal folheada de ouro maciço, ladeada por templos para a lua e as estrelas envoltas em prata maciça.

Leia mais
Q'enqo (Qenko)
165 excursões e atividades
Perto de Cusco, no caminho para Pisac a partir de Sacsayhuaman, fica o anfiteatro e templo de Q'engo. Este local, que fica 3,6 mil metros acima do nível do mar, tem alguns dos melhores exemplos de escultura inca intacta do mundo. O nome (que tem muitas grafias alternativas, às vezes com k) significa zigue-zague, em referência aos canais esculpidos em rocha no local. O site na verdade é composto de quatro partes diferentes, com o mais visitado sendo Q'engo Grande, que foi usado como um observatório astronômico e local sagrado.

Q'engo Grande é um grande afloramento calcário com duas pequenoas protuberâncias que exibem um padrão de sombra no solstício de verão, em junho. Também esculpidas na pedra calcária, uma série de cavernas, altares e depressões que teriam sido utilizados para transportar a água. O local era usado como um ponto de parada em importantes peregrinações religiosas durante o período Inca, e a mumificação também ocorria no local.

Leia mais
Cusco Historic Center (Centro Historico de Cusco)
star-4.5
27
131 excursões e atividades

Quando se trata de história, poucas cidades na América do Sul são tão históricas quanto Cusco. Esta grande cidade foi a capital de todo o Império Inca, e é comum se ouvir que a antiga Cusco costumava ser a cidade mais grandiosa do Peru. Até mesmo o nome “Cusco” traduz como “Umbigo da Terra”, pois os incas acreditavam que esta cidade fosse o centro do mundo conhecido até então. Ela pulsa com uma energia diferente de outros lugares no Peru, e há uma magia palpável que permeia essas ruas estabelecidas no sopé da Cordilheira dos Andes.

Durante o século XVI, quando os conquistadores espanhóis chegaram marchando em Cusco, eles mantiveram a estrutura da cidade intacta, mas acabaram destruindo muitos outros prédios. Catedrais coloniais e a arquitetura espanhola tomaram o lugar de templos incas, e a cidade tornou-se uma fusão Andina de design espanhol e inca. Dada a combinação cultural e a escala grandiosa da cidade, a UNESCO declarou Cusco um Patrimônio Mundial em 1983.

Leia mais
Plaza de Armas (Huacaypata)
star-4
3
131 excursões e atividades

Teve épocas em que Cusco costumava ser o centro do poderoso Império Inca. Dos desertos costeiros do sul do Peru aos picos gelados dos Andes, todas as decisões do Império passavam por Cusco. Era como se fosse um coração batendo bem no centro de uma das maiores civilizações da história, e o centro de Cusco era a enorme praça conhecida como Huacaypata.</>

Porém, quando os espanhóis ocuparam a cidade, muitos dos edifícios ao redor de Huacaypata foram cruelmente destruídos. Estruturas ocidentais foram erguidas em seus lugares para solidificar o domínio imperial, e o nome da enorme praça também foi modificado para que ela fosse vista como um patrimônio espanhol.

Leia mais
Mercado Central de San Pedro
star-4.5
49
66 excursões e atividades

Existe uma certa ironia de que um dos melhores locais em Cusco na verdade não chega nem a ser um “local”. Em vez disso, o Mercado Central de San Pedro é simplesmente o lugar no centro de Cusco onde a maioria dos nativos daqui fazem as suas compras.

A diferença, porém, é que fazer compras em Cusco não tem nada a ver com fazer compras em feiras em qualquer outro lugar. No Mercado Central de San Pedro, todos os itens estão à disposição em uma vibrante exibição e estão fascinantemente dispostas à céu aberto. Você pode passear pelas bancas de frutas e ser saudado por uma cabeça de porco na próxima esquina. Você pode comprar uma dúzia de variedades de batatas e depois dar uma olhada nas pessoas comprando sacolas de porquinhos da Índia, fritos. É um passeio autêntico pela cultura local que se encontra fora do circuito de pontos turísticos regulares. Há também uma praça de alimentação que serve pratos típicos cobrando a mesma média de preço dos restaurantes locais.

Leia mais
Ausangate Trail
60 excursões e atividades
A Trilha Inca pode ser a caminhada mais popular dos Andes Peruanos próximos de Cusco, mas uma trilha igualmente impressionante (e certamente menos lotada) leva os visitantes a Ausangate. Nevado Ausangate, a montanha mais alta no sul do Peru, alcança 6384 metros acima do nível do mar. Em um dia claro, o pico coberto de neve pode ser visto de Cusco.

A trilha Ausangate, que recebeu o seu nome do pico, leva de cinco a seis dias para ser feita, mais o tempo de viagem de/para Cusco. A trilha começa nos campos do planalto andino e atravessa quatro passagens de alta altitude, cobrindo alguns dos terrenos mais impressionantes da região de Cusco. A trilha, grande parte com altitudes superiores a 4 mil metros, passa por elevados lagos alpinos, vales glaciais e pequenas aldeias, onde alpacas pastam livremente e os residentes ainda se vestem com suas roupas tradicionais.

Leia mais
Tipon
59 excursões e atividades
Quando você ouve "Ruínas Incas" você provavelmente pensa no Machu Picchu, e por mais que o famoso sítio do século 15 mereça um lugar no seu roteiro, o Peru também é o lar de outras ruínas dignas da sua visita. Uma delas, sem dúvida a melhor demonstração das incríveis habilidades de engenharia dos Incas, é Tipón.

O local de 200 hectares, localizado perto de uma nascente natural de 20 quilômetros ao sul de Cusco, compreende uma rede de elaborados terraços agrícolas que os arqueólogos acreditam terem sido usados para testar as cultivos mais difíceis em vez de para a agricultura básica. Alguns dos terraços ainda estão em uso e funcionam com a mesma tecnologia antiga. Como o local era parte de uma nobre propriedade inca, a elaborada alvenaria apresenta o mesmo estilo imperial impressionante das estruturas vistas em Machu Picchu, mas com muito menos turistas disputando cada metro quadrado.

Leia mais

Cusco: outras atrações

Mt. Vinicunca (Rainbow Mountain)

Rainbow Mountain (Vinicunca)

star-3.5
7
38 excursões e atividades
Saiba mais
Awana Kancha

Awana Kancha

23 excursões e atividades

A fábrica têxtil em Awana Kancha é uma parada divertida e culturalmente rica na rota entre Cusco e o Vale Sagrado. Situada a 30 minutos do centro da cidade de Cusco, este popular posto artesão é um lugar barato para experienciar a cultura andina.

Com entrada grátis, os visitantes em Awana Kancha podem se maravilhar com as mulheres vestidas tradicionalmente e com os tecidos coloridos que brilham diante de seus olhos. Usando lã de alpacas, lhamas, guanacos e vicunhas, as mulheres criam modelitos usando corantes naturais que têm estado nos Andes desde os tempos dos Incas. Além do mais, em adição aos têxteis, os visitantes têm a oportunidade de alimentar lhamas na mão e amamentar os filhotes de alpacas com uma 'mamadeira'. O nome Awana Kancha traduz literalmente para 'Palácio da Tecelagem', e as belas obras de artesanato que estão à venda são, indiscutivelmente, mais impressionantes do que aquelas encontradas nos mercados maiores.

Saiba mais
San Blas

San Blas

star-4.5
103
33 excursões e atividades

San Blas é o espaço dos artesãos da cidade mais famosa do Peru pelo seu artesanato. Esta área de oficinas e estúdios, galerias e lojas é o lar de tecelões, escultores e ceramistas de Cusco. A região é ideal para uma caminhada, onde suas ruas de paralelepípedos são alinhadas com casas de tijolo adobe branco decoradas com o contraste de portas e janelas azuis.

Você também vai ver qs ruínas de paredes incas neste enclave montanhoso, algumas ruas estreitas são tão íngremes que chegam a possuir degraus. San Blas é um destino para um fim de tarde perfeito, com bares e restaurantes, assim como galerias e estúdios para visitas descontraídas para a noite.

Saiba mais
Inca Museum (Museo Inka)

Museu Inca

star-4
1
10 excursões e atividades
Construído sobre uma autêntica fundação Inca, este pequeno museu no coração de Cusco abriga uma impressionante coleção de artefatos incas. Centenas de exemplos de trabalho artesanal em ouro, cerâmica, têxteis e queros alinham os salões deste local realmente memorável, oferecendo aos viajantes uma perspectiva totalmente diferente do passado da nação.

Os visitantes vão encontrar muita coisa para explorar no interior do Museu Inca, mas também vale a pena conferir o seu pátio ao ar livre, onde os tecelões andinos demonstram as suas habilidades. Os viajantes podem comprar itens artesanais diretamente dos artesãos, que fornecem demonstrações de técnicas tradicionais e respondem a perguntas enquanto trabalham. É uma oportunidade de conferir a antiga arte em tempo real e também de levar para casa um pouco dessa tradição.

Saiba mais
Agricultural Terraces of Moray

Moray

star-4
1
2 excursões e atividades

De todas as ruínas incas que circundam o Vale Sagrado, a maioria é conhecida por seu tamanho, idade ou nível de complexidade da construção. No entanto, o terraço de Moray, localizado a 49 quilômetros ao noroeste de Cusco, destaca-se das muitas outras ruínas por seu design genial.

No auge do império, os incas eram alguns dos agricultores mais bem sucedidos em todo o hemisfério ocidental. Cultivo de milho, quinoa e vários tipos de batatas traçam suas raízes pelos Andes e o rendimento do cultivo dos incas superou qualquer outra civilização vizinha. Embora o Moray se pareça com apenas um grande buraco no chão, historiadores acreditam que essas múltiplas depressões no solo explicam a razão para esta proeza agrícola. Com círculos concêntricos em espiral para baixo do solo, o Moray é composto por vários terraços ligados por degraus em zigue-zague. Enquanto ele poderia até ser classificado como arte, o Moray é com certeza uma maravilha da ciência.

Saiba mais
Pre-Columbian Art Museum (MAP)

Museu de Arte Precolombino

star-3
18
4 excursões e atividades
Muitos viajantes que chegam a Cusco já são familiarizados com os incas, os habitantes nativos dos Andes peruanos que foram brutalmente conquistados pelos espanhóis. Poucas pessoas, no entanto, são familiarizadas com os Moche, Nazca, Chimu e Chancay, cujas histórias remontam há milhares de anos. Embora restem apenas poucas atrações destas culturas, seu legado permanece através das várias formas de arte que sobreviveram ao longo das muitas conquistas do Peru.

Quando visitar o Cusco, o Museu de Arte Precolombino é uma coleção particular de mais de 450 peças que destacam a arte destas culturas antigas. Situado no interior da Casa Cabrera - ela própria uma obra arquitetônica magistral que já foi uma casa cerimonial dos incas - 11 showrooms diferentes destacam a arte que remonta a até 1250 a.C. Belas cerâmicas antigas acompanham esculturas de prata e ouro. Há joias feitas de conchas e ossos, e muitas esculturas entalhadas que contam a história do povo nativo do Peru.

Saiba mais
Centro de Textiles Tradicionales del Cusco (CTTC)

Centro de Interpretação de Tecidos Andinos

2 excursões e atividades
Das estampas ousadas dos ponchos e tecidos brilhantemente detalhados ao chapéus chullo feitos da macia lã de alpaca, poucos visitantes vão embora do Peru sem levar para casa o colorido artesanato do país. A região andina, em particular, é mundialmente conhecida pelos seus deslumbrantes tecidos, incorporando designs indígenas originais com técnicas tradicionais de tecelagem e materiais de origem regional, como lã de carneiro, alpaca e lhama. É possível comprar esses produtos em todo o Peru, mas para aqueles que querem aprender mais sobre a rica herança da região, o Centro de Interpretação de Tecidos Andinos em Cusco é uma parada obrigatória.

Além de admirar os elaborados designs e comprar roupas e presentes artesanais, os visitantes do local podem aprender sobre as origens e tradições das técnicas antigas de tecelagem, usadas por artesãos nativos por mais de 2 mil anos.

Saiba mais
ChocoMuseo Cusco

ChocoMuseo Cusco

3 excursões e atividades
O ChocoMuseo Cusco permite que os viajantes mergulhem em tudo que diz respeito ao cacau. O museu interativo aborda a história do cacau no Peru, bem como o processo de produção de chocolate, desde os grão até a barra.

Em parceria com os agricultores peruanos locais, o ChocoMuseo produz chocolates orgânicos de alta qualidade junto com os seus clientes, que têm a oportunidade de criar as suas próprias iguarias feitas artesanalmente com ingredientes personalizados no workshop. Os visitantes podem assar os grãos de cacau e remover a casca até moer em um 'metate', além de se deliciarem com as suas criações no final ou levá-las para casa. Os tours com workshop também incluem degustações de chocolate quente.

Saiba mais
Belmond Hiram Bingham

Belmond Hiram Bingham

star-4.5
14
Uma excursão ou atividade

Há duas principais maneiras de chegar em Machu Picchu vindo da cidade peruana de Cusco – uma longa caminhada ou um passeio de quatro horas de trem, que é o que a maioria dos visitantes escolhem. Embora existam alguns tipos diferentes de serviços de trem, o melhor de todos é, sem dúvida, o Belmond Hiram Bingham, nomeado em homenagem ao arqueólogo que descobriu Machu Picchu. É o mais luxuoso dos trens e possui apenas 84 assentos.

O trem, que corre pelos mesmos trilhos de Cusco à Aguas Calientes como todos os outros, foi equipado para se parecer com um vagão ferroviário do Pullman da década de 1920, com madeira polida, detalhes em bronze e assentos confortáveis preparados para jantares. As refeições estão incluisas, e apresentam a culinária típica peruana, assim como bebidas básicas. Há um vagão de observação com janelas do chão ao teto para desfrutar das vistas, e há também um vagão apenas para os serviços de bar.

Saiba mais
Machu Picchu

Machu Picchu

star-4.5
621
717 excursões e atividades

O Santo Graal para os amantes de monumentos incas, a enigmática cidade de Machu Picchu é a área arqueológica mas famosa da América do Sul. A coleção espetacular de templos, colinas e praças era uma cidadezinha Inca no topo da montanha Pachacutec e Tupac Yupanqui, até a chegada dos europeus.

As ruínas cobertas de vegetação foram descobertas pelo historiador americano Hiram Bingham em 1911, e a qualidade do trabalho nas pedras sugere que esse era um importante local cerimonial.

Ao entrar no local, poucos passos o levam às ruínas do Templo do Sol e uma série de altares. Entre os destaques estão os restos mortais de banhos cerimoniais, a Praça Sagrada com sua vista exemplar sobre o vale do Rio Urubamba, um raro santuário ao sol, e um labirinto de corredores e celas.

Uma das melhores maneiras de visitar Machu Picchu é em um dia de viagem saindo de Cusco, com o transporte ferroviário, entrada e guia informativo incluído.

Saiba mais
Maras Salt Pools

Piscinas de Sal em Maras

star-5
39
229 excursões e atividades

A remota cidade de Maras fica localizada no Vale Sagrado dos Incas, e é conhecida em todo o Peru por seus milhares de lagos salinos. O sal tem sido recolhido aqui desde antes da época dos incas, emergindo de um riacho subterrâneo até a superfície e evaporando com a luz do sol.

Você pode recolher o seu próprio punhado de sal ou comprar sal embalado na loja de presentes de Maras para levar para casa. As piscinas geminadas de sal para ser vendido comercialmente que pontilham as encostas andinas são impressionantes, brilhando como neve branca contra a luz do sol (não esqueça de trazer a sua camera!). A cidade de Maras foi extremamente importante em tempos coloniais, e você verá algumas casas espanholas ornamentadas e a igreja colonial de tijolos de barro.

Saiba mais
Ollantaytambo Ruins

Fortaleza de Ollantaytambo

star-4.5
190
278 excursões e atividades

Um exemplo do planejamento inca de ruas e urbanismo mantido nas melhores condições possíveis pode ser encontrado na Fortaleza de Ollantaytambo, que é cercada por belos morros geminados.

Subindo acima das ruas de paralelepípedos da cidade, que têm sido habitadas desde o século XIII, fica a enorme fortaleza inca e as fundações do Templo do Sol. O enorme complexo, construído por Pachacuti, em 1400, dispõe de pedras finas e uma área cerimonial no topo deste escalonado e fortificado terraço. Suba mais de 200 degraus até o topo para vistas fabulosas e um olhar de perto nas alvenarias impressionantemente talhadas. Você também verá ruínas de vários templos e fontes cerimoniais. Para ver de onde os enormes blocos de pedra foram extraídos da montanha, siga a trilha de 6 km até a pedreira do outro lado do rio – a água foi desviada para levar as pedras até o canteiro de obras.

Saiba mais
Sacred Valley of the Incas

Vale Sagrado dos Incas

star-4.5
192
347 excursões e atividades

O Vale Sagrado era a fonte agrícola dos incas, uma planície fértil perfeita para o cultivo básico, de milho e de batata. No coração do vale fica a antiga cidade de Cusco, cercada pelas remotas aldeias Quechua e os restos em ruínas de fortalezas incas.

Com os festivais e mercados da vila Quechua, igrejas coloniais, ruínas incas, rafting, passeios a cavalo e trilhas, há motivos de sobra para partir para o Vale Sagrado dos Incas por um dia ou mais.

Saiba mais
Pisac Indian Market

Mercado de Pisac

star-4.5
190
214 excursões e atividades

Pisac era ser uma cidadela Inca no Vale Sagrado, que nos dias de hoje atrai compradores em vez de guerreiros com suas populares feiras de artesanato aos domingos. Depois de um passeio por Pisac, situada no pico de uma montanha à uma hora da aldeia, se prepare-se para pechinchar. Fantoches, flautas, tecidos, tapetes, joias, cerâmicas, ponchos, chapéus – cite qualquer produto e você vai encontrá-lo.

Moradores de todo o Vale Sagrado se encontram aqui para fazerem trocas e venderem seus produtos, assim a feira tem uma atmosfera cotidiana animada em vez de ser orientada apenas para o turismo. A principal feira acontece aos domingos, e feiras menores sao realizadas nas terças e quintas-feiras. Domingos também são bons para se apreciar as vestimentas tradicionais usadas pelos locais depois da missa, enquanto eles são guiados para fora da igreja pelo prefeito da cidade e seu cajado prateado. A agitação realmente chega ao mercado depois da missa, por volta das 11h.

Saiba mais

icon_solid_phone
Reserve online ou por telefone
+55 (21) 3956-1660
+55 (21) 3956-1660