Buscas recentes
Limpar

Milão Atrações

Categoria

Da Vinci's Last Supper (Il Cenacolo)
star-4.5
1695
35 excursões e atividades

Independentemente de você visitar Milão devido ao seu amor pela arte ou como um leitor fã do livro O Código da Vinci de Dan Brown, você precisa conhecer o Cenáculo Vinciano para ver o mural de Leonardo da Vinci, A Última Ceia, que inclusive já conquistou seu lugar na lista de patrimônios mundiais da UNESCO.

A famosa obra cobre a parede do refeitório ao lado da Igreja de Santa Maria delle Grazie, na periferia oeste do centro de Milão. A pintura representa o momento em que Jesus prediz que um dos seus apóstolos irá traí-lo.

A obra tem sofrido depredações ao longo dos séculos, devido à umidade, guerras e restaurações mal sucedidas. O último programa de restauração foi concluído em 1999, resultando no enfraquecimento das cores mais vivas utilizadas nas restaurações anteriores, para tons mais suaves.

Leia mais
Milan Duomo
star-4.5
455
212 excursões e atividades

A Catedral de Milão, ou Duomo di Milano, é um símbolo muito amado da cidade italiana. Sendo o exemplo mais exuberante do estilo gótico nórdico na Itália, suas torres pontiagudas dominam a Piazza del Duomo, considerada o coração de Milão.

O seu exterior é como uma coleção vertical de pináculos, estátuas alongadas e contrafortes. No topo de sua torre central, uma estátua dourada da Virgem Maria, chamada de Madonnina, impressiona a todos os visitantes.

Esta, que é uma das maiores catedrais do mundo, tem o seu interior à luz de velas com incríveis altares, corredores e janelas de vitral colorido que completam a magia do local.

Um dos destaques da visita é a fantástica vista do seu topo, alcançando os alpes italianos na linha do horizonte em um dia de sol. Suba pelas escadarias, caso esteja em forma, ou pegue o elevador para uma bela vista sobre a cidade de Milão por entre as estátuas e torres da catedral.

Leia mais
Galleria Vittorio Emanuele II
star-4
17
106 excursões e atividades

Traga as suas bolsas de fazer compras e perca-se na galeria coberta mais elegante do mundo, a Galleria Vittorio Emanuele II, com sua maravilhosa cúpula de vidro. Muitas galerias comerciais tentaram copiar o estilo da Vittorio Emanuele, sua grandeza e gloriosa decoração, mas ninguém conseguiu replicar a sua beleza.

Concluído em 1877, o shopping em forma de cruz é luminoso e arejado, graças ao seu telhado curvo de vidro e ferro, e o chão é decorado com mosaicos de mármore.

Lojas com toldos e grandes janelas de vidro estão alinhadas no térreo, incluindo o luxo de Prada, Gucci e boutiques Louis Vuitton. Você também encontrará alguns dos cafés mais bem conceituados e históricos de Milão, incluindo Biffi e o Zucca Bar.

Leia mais
La Scala Opera House (Teatro alla Scala)
star-4.5
4754
103 excursões e atividades

O Teatro alla Scala (La Scala) é uma das mais importantes casas de ópera do mundo. Construído a poucos passos da Catedral de Milão no final de 1770, o teatro tem sido o local de estréias de algumas das mais amadas óperas, incluindo obras de Rossini, Puccini e muitas composições de Verdi. O nome do teatro vem do fato do mesmo ter sido construído no antigo local da igreja de Santa Maria alla Scala.

Com suas paredes adornadas de ouro e seus camarotes revestidos de veludo vermelho, a casa tem espaço para mais de 3.000 espectadores.

Embora a temporada de óperas do Teatro não dure o ano todo, o Teatro está aberto para visitas ao seu interior. Planeje uma visita ao museu do La Scala (dentro do Teatro) e, caso sua visita não coincida com algum ensaio no palco principal, você poderá experimentar o conforto de um dos camarotes de veludo vermelho do teatro por alguns minutos.
Leia mais
Sforza Castle (Castello Sforzesco)
star-4.5
177
112 excursões e atividades

O Castelo Sforzesco é uma enorme e clássica construção de tijolos vermelhos fortificada na borda oeste do centro de Milão.

O castelo foi construído pela dinastia Visconti, mas tornou-se a residência da família Sforza, que estava no poder em 1450. Expressivo e dominador, o castelo é sustentado por grandes muralhas redondas, e uma torre com vista para o pátio central e para os jardins. Leonardo da Vinci ajudou a projetar as suas muralhas defensivas.

Hoje o castelo abriga uma coleção de excelentes museus e galerias. Veja esculturas de Michelangelo no Museu de Arte Antiga na saída do pátio, e uma rica coleção de pinturas de Ticiano e Bellini na Pinacoteca do 1º andar.

As esculturas e o mobiliário de madeira lotam o Museu de Artes Aplicadas, também no 1 º andar, logo ao lado do Museu de Instrumentos Musicais. Você também vai encontrar coleções egípcias e pré-históricas no enorme complexo do castelo.

Leia mais
Church of Santa Maria delle Grazie (Chiesa di Santa Maria delle Grazie)
star-4.5
3402
32 excursões e atividades

A maioria dos visitantes procuram a igreja de Santa Maria delle Grazie para apreciar a obra de Leonardo da Vinci, A Última Ceia. O famoso mural está alojado no refeitório do convento dominicano adjacente. Os visitantes que resolverem explorar a igreja do convento, no entanto, serão recompensados com a beleza de um edifício renascentista impressionante.

A igreja foi construída em estilo gótico e românico pelo duque de Sforza em 1490 e acredita-se ter sido parcialmente projetada por Bramante.

O exterior é decorado com um padrão de pilastras e círculos e apresenta um adorável e tranquilo claustro. No interior, sua decoração em estilo gótico cobre as paredes com pequenos detalhes e texturas.

Leia mais
San Siro Stadium (Stadio San Siro)
7 excursões e atividades

Milão é o lar dos dois principais times de futebol e do maior estádio da Itália - o San Siro - onde ambos jogam seus jogos em casa. O San Siro foi construído em 1925, originalmente para ser a casa apenas do AC Milan. Em 1947, o rival do AC Milan, FC Internazionale, também se mudou para lá. Além dessas equipes da primeira divisão, a equipe nacional italiana também joga partidas no San Siro, e ele é frequentemente utilizado como local de shows por bandas em grandes turnês. Como um estádio de futebol, a capacidade do San Siro é, atualmente, pouco mais de 80 mil, o maior estádio da Itália.

Há um museu no estádio dedicado a ambos AC Milan e FC Internazionale, e quando você faz uma visita guiada pelo San Siro você pode visitar o vestiário de cada equipe.

Leia mais
Brera
star-5
55
41 excursões e atividades

Em uma cidade com tantos bairros da moda, o bairro Brera, em Milão, é um dos mais charmosos. Localizado muito perto do Duomo, no centro histórico, esta é a parte do Milão que pode fazê-lo esquecer da reputação que a cidade tem de agitada.

O bairro Brera é um labirinto de ruas estreitas de paralelepípedo, repletas de lojas e cafés - quando o clima é agradável, as cafeterias atraem todo mundo para essas calçadas, um ótimo lugar para uma parada estratégica. A área comercial chamada Quadrilatero d'Oro fica ali perto, para que você possa conferir as últimas tendêcias fashion de Milão enquanto admira as vitrines.

Além de simplesmente caminhar pelo Brera e desfrutar da atmosfera local, a principal atração do bairro é a Pinacoteca di Brera, um fantástico museu de arte com obras de Botticelli, Rafael, Hayez, Ticiano, Caravaggio, Tintoretto, Mantegna, Piero della Francesca, Rembrandt e Rubens.

Leia mais
Stresa
star-5
4
4 excursões e atividades
Situada na vertente ocidental do estreito Lago Maggiore, Stresa é uma vila elegante com os Alpes do Monte Mottarone ao fundo, cobiçada por turistas pelos grandiosos hotéis espalhados ao longo do seu calçadão arborizado. No verão, a orla fica movimentada com diferentes atrações e as feiras de artesanato fazem a alegria dos turistas nas tardes de quinta-feira; e quando a noites cai, as ruas de paralelepípedos ficam igualmente lotadas de pessoas fazendo suas passeggiatas, antes de escolher o local ao ar livre para jantar, na frondosa Piazza Cadorna.

Este já foi o lugar escolhido por estrelas literárias como Charles Dickens e Ernest Hemingway, e as maiores atrações de Stresa são, sem dúvida, as três pequenas Isole Borromee (Ilhas Borromeu), do outro lado do lago Maggiore, a poucos minutos de balsa. De propriedade do todo-poderoso clã Borromeo desde o século XII, elas são como um 'túnel do tempo barroco'; e a Isola Bella e a Isola Madre ainda contam com extraordinários palácios.

Leia mais
QC Termemilano
2 excursões e atividades

A empresa QC Terme (fundada pelos irmãos Quadrio Curzio) opera uma cadeia de spas na Itália, incluindo QC Termemilano. Milão não é conhecida como um local relaxante, mas o QC Terme Milano, bem no coração da cidade, oferece um lugar para se refugiar dela. O day spa ocupa uma estação antiga de bonde do século 19, quando os bondes eram conduzidos por cavalos. A cadeia QC Terme mantém a filosofia de que os banhos termais oferecem uma terapia única para doenças, sendo também um lugar para a comunidade se reunir.

As instalações do QC Termemilano incluem saunas, banheiras de hidromassagem, banhos de vapor, massagens d'água, banhos de lama e muito mais. A atmosfera saudável se estende até o buffet, que inclui frutas frescas, iogurte, doces e tortas. Há também um buffet aperitivo todos os dias às 17h30.

Leia mais

Milão: outras atrações

Sempione Park (Parco Sempione)

Parco Sempione

star-5
136
22 excursões e atividades

Milão é uma cidade movimentada e moderna que - quando você está realmente em busca das cidades medievais das colinas italianas - pode ser um pouco diferente do que você espera. Nessas horas, é melhor fazer como os milaneses e fugir do agito da cidade (mesmo que seja por pouco de tempo) em um dos seus grandes espaços verdes. Um dos mais populares é o Parco Sempione, no centro de Milão.

O Parco Sempione cobre 46 hectares no centro da cidade, logo atrás do Castello Sforzesco. Ele foi feito no final de 1800 e recebeu uma grande reforma em 1996. A área compreende caminhos de cascalho e trilhas para caminhar ou correr, um arco triunfal no extremo do parque, um lago, e até mesmo uma pequena arena usada para shows e eventos esportivos. Há também uma torre no parque, a Torre Branca - construída em 1933 - que oferece vistas sobre toda a cidade.

Saiba mais
Bramante Sacristy (Sacrestia del Bramante)

Sacristia Bramante

Uma excursão ou atividade

Uma das atrações mais famosas de Milão, o que quase todo mundo quer ver, mesmo em uma visita rápida, é "A Última Ceia" de Leonardo da Vinci, na igreja de Santa Maria della Grazie. Mas essa não é a única coisa que tem pra ver nessa igreja. Você também pode visitar a bela sacristia Bramante, projetada pelo arquiteto italiano Donato Bramante no final do século 15.

O duque de Milão contratou dois dos melhores artistas da época para trabalhar na expansão e embelezamento do convento de Santa Maria della Grazie. Leonardo da Vinci foi convidado a pintar um afresco na parede do refeitório, enquanto Donato Bramante foi convidado a construir uma nova sacristia. A sacristia foi construída a uma curta distância da igreja, e o arquiteto conectou ambas com um belo claustro.

A sacristia Bramante é uma longa sala retangular, com um pequeno espaço de capela em uma extremidade.

Saiba mais
Via della Spiga

Via della Spiga

5 excursões e atividades

O senso de moda de Milão é mundialmente famoso, e uma das ruas para visitar e ver onde os nativos compram suas marcas de grife é a Via della Spiga. Junto a outras ruas nas proximidades, como a Via Monte Napoleone, a Via della Spiga é considerada parte do Quadrilátero da Moda: a Via della Spiga forma a fronteira nordeste da área.

Alguns dos nomes de grife que você verá ao longo da Via della Spiga são Prada, Bulgari, Tod, Armani, Hermes, Tiffany, Dolce & Gabbana, Roberto Cavalli e Moschino. É uma rua de pedestres, tornando-se mais prazerosa para passear - mesmo que você não esteja planejando comprar.

Saiba mais
Basilica of Sant'Ambrogio (Basilica di Sant'Ambrogio)

Basilica di Sant'Ambrogio

star-5
136
19 excursões e atividades

A Românica Basílica de Santo Ambrósio é dedicada ao santo padroeiro de Milão, Ambrósio, bispo de Milão, que a fundou no século 4. Vestido com a elegância do seu bispo, o esqueleto do santo é exibido na cripta da basílica.

A igreja exibe uma mistura de estilos, tendo sido reconstruída no século 11 e bastante restaurada desde então. A construção tem uma fachada medieval lombarda graças ao seu átrio alongado, que data do ano 1098.

Relevos bizantinos coroam as capitais do século 6, e uma elegante galeria forrada com arcos leva à entrada da basílica. Duas torres de alturas diferentes flanqueiam o átrio.

O destaque do interior feito em branco e terracota é o mosaico de Cristo do altar. Você também verá púlpitos e túmulos esculpidos, incluindo o local de descanso final do imperador Louis II.

A Basílica de Santo Ambrósio foi fortemente bombardeada durante a Segunda Guerra Mundial, e amplamente restaurada na sequência.

Saiba mais
Brera Art Gallery (Pinacoteca di Brera)

Pinacoteca di Brera

25 excursões e atividades
Entre na Pinacoteca di Brera, um histórico palácio do século XVII, para ver uma das coleções mais impressionantes de obras de arte medievais e renascentistas da Itália.

O destaque da Pinacoteca di Brera é o 'Cristo Morto' de Andrea Mantegna, uma obra renascentista/maneirista em perspectiva peculiar. Você também vai ver obras de Rafael, Rembrandt, Caravaggio e Van Dyke. O barroco Palazzo di Brera tem um belo claustro neoclássico cheio de arcos e um grandioso interior para acompanhar.

Saiba mais
Piazza Mercanti

Piazza Mercanti

27 excursões e atividades
Enquanto a Piazza del Duomo é a praça mais importante do centro de Milão hoje em dia, tal título pertencia à Piazza Mercanti durante a Idade Média. A Piazza Mercanti fica no centro histórico de Milão, a uma curta caminhada no sentido noroeste da Duomo. A praça era, originalmente, muito maior do que é agora, já tendo até ocupado parte da atual Via Mercanti. Alguns dos prédios da praça datam do seus tempos dourados, incluindo o Palazzo della Ragione (prefeitura de Milão na época), do século XIII, e a Loggia degli Osii (outro prédio administrativo), do século XIV.

No centro da praça fica um poço do século XVI, que mais tarde foi provido com duas colunas no século XVIII. Hoje em dia, encontra-se coberto e em desuso. Uma pedra encontrada nas proximidades era utilizada na punição de comerciantes considerados culpados de fraude - ou falência, dependendo da história que você ler -, sendo punidos com humilhação pública, forçados a ficar nus sobre ela, antes de serem enviados para prisão.

Saiba mais
Church of San Maurizio al Monastero Maggiore (Chiesa di San Maurizio al Monastero Maggiore)

Chiesa di San Maurizio al Monastero Maggiore

star-5
3
20 excursões e atividades

Há muitas igrejas importantes em Milão, além do seu famoso Duomo, incluindo a Chiesa di San Maurizio al Monastero Maggiore, também conhecida como Chiesa di Milano. Como o nome sugere, ela já foi associada a um grande convento, mas sua construção é atualmente utilizada como museu arqueológico de Milão. A igreja ainda é usada como uma casa de culto, bem como um local para concertos.

A Chiesa di San Maurizio al Monastero Maggiore foi construída no início de 1500, e contém o que se acredita ser o mais antigo órgão de tubos em Milão. O órgão foi feito em 1554 e não tem sido usado por muitos anos, por isso, uma nova proposta está em andamento para restaurá-lo a condições de funcionamento. Há também afrescos nas paredes que datam do século 16, incluindo uma série que abrange a vida do santo segundo o qual a igreja foi batizada - San Maurizio.

Saiba mais
Arch of Peace (Arco della Pace)

Arco della Pace

13 excursões e atividades
O Arco da Paz é um arco comemorativo em Milão, na Itália. Originalmente chamado de Arco do Triunfo, ele foi construído no início do século XIX em homenagem às vitórias de Napoleão, embora não tenha sido concluído. Vários anos depois, sob o domínio austríaco, a construção foi retomada em algumas fases diferentes e finalmente concluída como Arco da Paz em 1838.

O arco marca o lugar onde a Strada del Sempione chega em Milão. Esta estrada, que continua em uso até hoje, conecta Milão a Paris. O arco foi construído com mármore dos Alpes suíços, e no topo os visitantes podem ver uma carruagem de bronze com seis cavalos conhecido como Vitórias a Cavalo. O arco foi projetado com uma grande passagem central e duas menores, baseado no Arco de Septímio Severo, no Fórum Romano. Ele é decorado com colunas coríntias e várias esculturas, incluindo relevos que apresentam eventos da história italiana após o governo de Napoleão.

Saiba mais
Navigli District

Distrito Navigli

star-5
2
16 excursões e atividades
Todos nós estamos familiarizados com os canais de Veneza - mas você sabia que Milão também tem os seus canais? A maioria dos canais da cidade acabou sendo pavimentada, mas um bairro ao sul do centro da cidade ainda tem dois canais visíveis. Um desses canais de Milão é chamado de "naviglio", e tal área circundante ficou conhecida como o distrito Navigli.

Muitos anos atrás, Navigli era conhecido como um bairro de baixo custo de vida. Artistas foram atraídos para cá e montaram sua galerias e lojas, e infelizmente hoje em dia o bairro já não é mais tão acessível para aqueles que uma vez o chamaram de lar. Mas a atmosfera de um distrito artístico ainda é sentida no ar, apesar de ser um pouco mais rústico ao redor. Além das galerias e lojas de arte, Navigli hoje em dia é conhecido pela variedade de cafés, restaurantes e casas noturnas descolados. É uma das melhores áreas de diversão noturna na cidade, e fica super lotado nos finais de semana.

Saiba mais
Ambrosiana Museum and Library (Veneranda Biblioteca Ambrosiana)

Biblioteca Ambrosiana e Pinacoteca

star-4.5
22
9 excursões e atividades

Além de obras de arte, grandes bibliotecas são a marca da alta sociedade - assim, no início do século 17, o cardeal Federico Borromeo fundou a Pinacoteca Ambrosiana de Milão.

O Cardeal Borromeo abasteceu a sua biblioteca com mais de 15 mil manuscritos e 30 mil livros que ele e seus funcionários acumularam de toda a Europa. O conteúdo da biblioteca incluía obras gregas e romanas, assim como do Oriente Médio. A primeira sala de leitura da Biblioteca Ambrosiana foi aberta ao público em 1609.

Nomes importantes que visitaram a Biblioteca Ambrosiana incluem o poeta Lord Byron e a romancista Mary Shelley, que veio para ver famosos manuscritos como Codex Atlanticus de Leonardo da Vinci, as cartas de amor de Lucrezia Borgia, e obras de Petrarca.

Saiba mais
Church of Santa Maria at San Satiro (Chiesa di Santa Maria presso San Satiro)

Igreja Santa Maria presso San Satiro

13 excursões e atividades

Muitas igrejas na Itália estão construídas em locais de outras mais antigas. O que torna a Igreja de Santa Maria presso San Satiro em Milão diferente é que a antiga igreja foi incorporada à nova, tanto no design quanto no nome.

A igreja original neste local foi dedicada a San Satiro (São Sátiro) e construída no século 9. No final do século 15, a igreja também foi dedicada à Maria. O nome "Igreja de Santa Maria presso San Satiro" indica que a nova igreja está "ficando com" (presso) a antiga.

Quando a igreja teve a sua dedicação adicional, ela também sofreu um pouco de redesign. O artista Bramante foi o responsável pela renovação. Uma das peças mais interessantes de obra de arte da igreja é o maravilhoso trompe l'oeil de Bramante atrás do altar; parecendo uma série de colunas que se afastam ao longe, mas é só uma pintura.

Saiba mais
10 Corso Como

10 Corso Como

star-5
1
10 excursões e atividades

Se 10 Corso Como soa como um endereço, é porque realmente é: e vem a ser um dos mais elegantes de Milão, abrigando uma série de atrações e lojas.

10 Corso Como (Dieci Corso Como em italiano) era originalmente uma galeria de arte e livraria, inaugurados em uma construção tradicional milanesa de 1990, por Carla Sozzani. O complexo cresceu ao longo dos anos para incluir um café, uma boutique de moda, um jardim no terraço, e até mesmo um pequeno hotel (com apenas três quartos) - todos no mesmo endereço. O café do 10 Corso Como é particularmente popular para um aperitivo, e conseguir uma mesa pode ser extremamente difícil. Você pode desfrutar da atmosfera de "ver e ser visto" ou simplesmente visitar as lojas.

Saiba mais
Milan Monumental Cemetery (Cimitero Monumentale di Milano)

Cemitério Monumental

8 excursões e atividades
Alguns cemitérios são como pequenas cidades, como o Cemitério Monumental de Milão. Ele é o segundo maior cemitério em Milão, e suas vias são enfeitadas com uma fantástica variedade de túmulos esculturais. O Cemitério Monumental (Cimitero Monumentale em italiano) foi inaugurado em 1866, originalmente construído para consolidar o grande número de cemitérios menores em torno da cidade. Dois novos e enormes cemitérios foram criados: um para os ricos (Cemitério Monumental) e um para todos os outros (Cimitero Maggiore). Já que esse tem sido o lugar de descanso final para tantos ricos e famosos ao longo dos anos, os túmulos e mausoléus frequentemente são verdadeiras obras de arte.

Eva Perón, da Argentina, ficou enterrada aqui secretamente neste cemitério até 1971 por causa dos movimentos anti-Peron no seu país de origem, e o compositor italiano Giuseppe Verdi também ficou enterrado aqui por cerca de um mês antes de seu corpo ser transferido. Hoje em dia, esse cemitério é mais interessante para os visitantes não italianos por se assemelhar a um jardim de esculturas ao ar livre.

Saiba mais
Columns of San Lorenzo (Colonne di San Lorenzo)

Colonne di San Lorenzo

star-5
1
12 excursões e atividades

Milão é conhecida pela sua ópera, moda e serviços bancários - não pelas suas ruínas. Mas a cidade apresenta ruínas romanas - incluindo Colonne di San Lorenzo. Estas ruínas bem preservadas datam do século 2, quando faziam parte de uma construção romana (os especialistas não têm certeza se era uma casa de banho ou um templo). Elas provavelmente foram movidas para a sua localização atual no século 5.

As 16 colunas alinham um lado de uma praça em frente à Basilica di San Lorenzo do século 5, uma das igrejas mais antigas de Millão. Elas foram levadas para a praça quando a igreja já estava completa.

Saiba mais

icon_solid_phone
Reserve online ou por telefone
+55 (21) 3956-1660
+55 (21) 3956-1660