Buscas recentes
Limpar

À medida que o mundo começa a reabrir, estamos empenhados em ajudá-lo a se sentir confiante em sair novamente. Descubra o que os nossos operadores estão fazendo para o manter protegido e procure atividades com fortes medidas de higiene e segurança. Mas antes de ir deve sempre verificar as regulamentações locais mais recentes sobre o seu destino.

Leia mais

Montreal Atrações

Categoria

Old Port of Montreal (Vieux Port de Montréal)
star-4
1307
25 excursões e atividades
O epicentro do comércio marítimo da cidade no século XVII, o Porto Antigo de Montreal perdeu o seu papel como um posto comercial na década de 1970, caindo temporariamente em ruínas até uma grande renovação transformá-lo em um dos centros de entretenimento mais importantes da cidade na década de 1990. Hoje em dia, a vibrante zona portuária é o lar de um cinema IMAX, do Centro de Ciência e do aclamado marco de Montreal - a Clock Tower (Torre do Relógio), bem como de uma grande pista de patinação ao ar livre no inverno, e uma praia urbana no verão.

O cênico Porto Antigo é um local atmosférico para caminhadas, ciclismo e passeios de Segway, mas outras atividades populares para seus visitantes incluem cruzeiros fluviais, alugar um pedalinho para remar pelas águas calmas do Bonsecours Basin Park ou pegar um hidroavião para uma vista panorâmica única do histórico cais.

Leia mais
Old Montreal (Vieux-Montréal)
star-5
115
39 excursões e atividades

À beira do Rio São Lourenço, Velha Montreal (ou Vieux Montréal) é o berço da cidade, com praças pitorescas, arquitetura grandiosa e uma densa concentração de moradores e visitantes. A estreita Rue St-Paul, a rua principal, está repleta de galerias de arte, lojas e restaurantes. O amplo espaço do antigo porto é ocupado por áreas verdes e cafés ao longo da Rue de la Commune.

O centro animado da região é o Place Jacques-Cartier. Daqui, as suas encostas descem da Rue Notre-Dame, ladeadas por prédios de pedra do século 18, até o Porto Velho. Na praça, encontram-se carruagens puxadas por cavalos, cafés ao ar livre e artistas de rua. Nas proximidades, os destaques são o Bonsecours Market e a Capela Notre-Dame-de-Bon-Secours. Ao oeste de Place Jacques-Cartier fica Place d'Armes, dominado pela Basílica de Notre-Dame. Ao se dirigir ao sul, você vai chegar a Place Royal e ao Rio São Lourenço.

Leia mais
Montreal Olympic Park (Parc Olympique de Montréal)
star-3.5
24
16 excursões e atividades

Local dos Jogos Olímpicos de 1976, o Parque Olímpico é um destino familiar repleto de locais e atividades. Suas quatro atrações são o Estádio Olímpico (State Olympique), o Montreal Biodome (Biodôme de Montréal), o Jardim Botânico (Jardin Botanique), e o Montreal Insectarium (Insectarium de Montreal). Além disso, todos eles ficam a uma curta distância uns dos outros.

O Estádio Olímpico é usado principalmente para beisebol, festivais, feiras e shows, e é um dos estádios mais visitados do mundo. A plataforma no topo oferece uma vista panorâmica de Montreal e seus arredores. No Montreal Biodome, você pode caminhar através de uma floresta tropical, do Círculo Polar Ártico ou ao longo do Oceano Atlântico - tudo sem sair do prédio.

Dentro do Jardim Botânico você pode passear em torno das 10 grandes e perfumadas estufas do conservatório, cada uma com um tema, desde orquídeas e begônias a samambaias e flora da floresta tropical.

Leia mais
Mount Royal
star-4
1227
21 excursões e atividades

O Parque de Monte Royal foi planejado por Frederick Law Olmstedpelo, o mesmo designer do Central Park em Nova Iorque. O parque bem arborizado é perfeito para se andar de bicicleta, correr, andar a cavalo e fazer piqueniques. No inverno, seus muitos quilômetros de passarelas e trilhas cobertos de neve atraem esquiadores dos quatro cantos do País.

Em dias claros, é possível desfrutar de uma vista panorâmica do mirante Kondiaronk, próximo ao Chalet du Mont Royal (uma casa branca, grande e velha que abriga shows de grandes bandas no verão). Outra opção é o Observatoire de l'Est (observatório do leste), o ponto de encontro favorito para os namorados. No caminho, você verá a Cruz de Montréal, que fica iluminada à noite.

Leia mais
Montreal Chinatown
star-3.5
3
11 excursões e atividades

Para realmente experimentar o caldeirão de culturas de Montreal, siga para Chinatown. Datado de 1860, quando os imigrantes chineses foram para o Canadá para trabalhar na estrada de ferro e nas minas, o bairro tem preservado sua cultura asiática há mais de 100 anos. Andando pelas ruas, não é incomum ouvir francês, inglês, vietnamita, cantonês, mandarim e outros dialetos asiáticos falados na mesma área. Além disso, Chinatown é o lugar onde você vai encontrar uma grande variedade de experiências únicas que você não vê em nenhum outro lugar na cidade.

Convenientemente, a Chinatown de Montreal está localizada no centro da cidade, assim você vai poder continuar a sua exploração. Entre no Boulevard Saint Laurent para passar através de um portão tradicional chinês e se ambientar. Nenhuma visita a Chinatown estaria completa sem provar a gastronomia, especialmente porque a comida aqui tende a não só ser deliciosa, mas barata também.

Leia mais
Montreal Latin Quarter (Quartier Latin)
3 excursões e atividades

Localizado ao sul do artístico Plateau Mont-Royal, o Quartier Latin tem sido um centro de vida estudantil desde o século 18. Agora o lar de uma das maiores universidades do país, o seu nome não é exatamente uma surpresa; o bairro é cheio de estudantes, livrarias e cafés ótimos para assistir o movimento. É conhecido por seus muitos teatros, atmosfera artística, animados restaurantes, cervejarias e bares de uísque, bem como boutiques independentes.

A melhor coisa sobre o Quartier Latin é, inegavelmente, seu público eclético e sua "joie de vivre": os ricos e os não tão favorecidos, nativos e de outras etnias, artistas e intelectuais se misturam nas ruas, seja durante um festival de verão ou nas filas para comprar um chocolate quente. Definitivamente um bairro multi-facetado, se alguma vez houve um! Uma das principais atrações da área, além da agitada vida noturna, é a Grande Bibliothèque du Québec.

Leia mais
Jacques-Cartier Square (Place Jacques-Cartier)
14 excursões e atividades

Estendendo-se desde a Rue Notre-Dame ao norte até o antigo porto, no sul, Jacques Cartier Place (Place Jacques Cartier) é a famosa praça pavimentada no coração de Vieux Montréal. Neste animado local, você pode assistir a artistas de rua, ter o seu retrato pintado ou simplesmente admirar movimento colorido das pessoas.

Sob a Coluna de Nelson, um mercado popular vende artes, artesanato, flores e souvenirs. E você pode ver tudo das convidativas mesas dos cafés de rua que alinham a praça. Tome uma cerveja ou um vinho e absorva a atmosfera, relaxe e deixe a tarde passar, observando a vida acontecendo. Depois, você pode passear pela encosta em direção ao antigo porto, enquanto se maravilha com as opulentas casas e mansões do século 19.

Leia mais
Bonsecours Market (Marché Bonsecours)
star-5
399
13 excursões e atividades

Bonsecours Market, em Vieux Montreal, é uma galeria movimentada com lojas que vendem artes e artesanato, artigos de couro e vestuário. O prédiio neoclássico do século 19 - com sua longa fachada, um pórtico com colunas e uma cúpula prateada - já faz a visita valer a pena. Desde que foi construída, a imponente estrutura já foi de tudo um poco, desde um mercado de agricultores a um teatro para concertos e, em um breve período, a prefeitura.

No interior, as lojas vendem desde a arte Inuit e joias feitas localmente a luxuosos casacos de castor. No Griff Diffusion' 3000 boutique, você pode ver as criações de alguns dos melhores designers do Quebec. Você também encontra aqui um salão de exposição, que apresenta exposições sobre história e cultura; três restaurantes, que revestem a fachada na rue St-Paul; e várias galerias de arte.

Leia mais
Plateau-Mont-Royal (the Plateau)
star-5
37
16 excursões e atividades

Embora tecnicamente uma bairro de Montreal, Le Plateau Mont-Royal não pode ser definida por zonas geográficas. Le Plateau é um estilo de vida, uma mentalidade, uma maneira de ver beleza em tudo e apreciar mais as coisas. É desfrutar de um almoço ao ar livre em parques centenários, pular de um café indie para outro, fazer compras nas inúmeras boutiques de designers locais, perder tempo em uma mesa no mais novo bistrô francês ou restaurante japonês. É o lugar para estar. Este bairro, que já foi dominado pela classe trabalhadora, evoluiu para o mais cobiçado e na moda de Montreal.

Repleto de gente descolada no lado oriental, e famílias e jovens no lado ocidental, Le Plateau pode ser considerado um resumo de Montreal. É onde as coloridas escadas icônicas de Montreal são encontradas, nas ruas charmosas e estreitas ladeadas de árvores da Mont-Royal Avenue, a principal via.

Leia mais
Mile End
14 excursões e atividades
Conhecido como o centro artístico e hipster, Mile End é um bairro situado no distrito de Plateau-Mont-Royal de Montreal. Este é o lugar onde os restaurantes mais elegantes, bares, lojas vintage e locais de música alternativa estão localizados, juntamente com as comunidades judaicas hassídicas e portuguesas - que ilustram o quão diversificado Mile End realmente é.

Na verdade, a composição étnica do bairro mudou muito desde o seu início, no final do século 19, quando a estação ferroviária transcontinental foi construída. A área tem uma forte influência internacional mas continua apresentando características essencialmente locais, já que a maioria dos grupos étnicos têm vivido lado a lado por décadas.

Leia mais

Montreal: outras atrações

Jean-Talon Market (Marché Jean-Talon)

Jean-Talon Market

star-4.5
7
9 excursões e atividades

Um favorito dos moradores, o Jean-Talon Market vende produtos de alta qualidade por um preço bem acessível. Tem funcionado desde 1933, e é uma parte importante da cena gastronômica da cidade. Enquanto o mais sofisticado Atwater Market é onde maioria dos turistas vai à procura de uma experiência em um mercado de produtores, o Jean-Talon Market lhe permite fazer compras, e é onde a maioria dos moradores vão semanalmente para suas próprias compras.

Aqui você vai encontrar alimentos prontos, produtos locais, ingredientes culinários, bebidas, e, o melhor de tudo, amostras grátis para você provar antes de comprar. Se você é um fotógrafo, as barracas organizadas com seus alimentos exibidos de uma forma exemplar e as cores vibrantes deles rendem ótimas fotos.

Saiba mais
Outremont

Outremont

4 excursões e atividades
Frequentemente considerada uma das áreas mais elegantes e caras em Montreal, Outremont só entrou para o mapa turístico recentemente. E logo se entende o porquê: com as suas avenidas elegantes e imponentes mansões, mais e mais visitantes são atraídos para cá. O nome Outremont na verdade vem de um trocadilho com a expressão francesa "sobre a montanha", como a maioria dos residentes moravam ao sul de Mount Royal na época.

As três vias principais são Bernard Avenue, Van Horne Avenue e Laurier Avenue, todas repletas de lojas de luxo e elegantes cafés e bistrôs franceses que os residentes adoram. O distrito também inclui o cemitério de Mount-Royal (local de descanso final de muitas das principais figuras do Canadá), que é popular entre os corredores, graças às suas árvores gigantes e atmosfera relaxante.

Saiba mais
Montreal Little Italy

Little Italy

star-5
28
4 excursões e atividades

O que seria de uma visita a Montreal sem passar algum tempo em Little Italy? Em Montreal tudo respira comida e história, e poucos lugares, além de Little Italy, podem se gabar de oferecer os dois. Com alguns cafés tendo sido abertos há 100 anos (uma raridade neste lado da lagoa) e a presença do Jean-Talon Market (o maior mercado ao ar livre da América do Norte e uma das principais atrações turísticas da cidade), Little Italy é imperdível.

Apesar de poucas famílias italianas chamarem Montreal de lar desde o século 17, não foi até o início de 1900 que a população de ascendência italiana realmente começou a formar uma comunidade. O que eles não sabiam era que essa camaradagem não só acabaria sendo benéfica para a industrialização de Montreal, mas seria o pretexto perfeito da reunificação familiar para 15 mil famílias devastadas atingidas pela participação da Itália na Segunda Guerra Mundial.

Saiba mais
Pointe-à-Callière

Museu Pointe-à-Callière

6 excursões e atividades
Localizado no belo bairro histórico de Old Montreal, o Pointe-à-Callière é um museu de arqueologia e história dedicado ao passado tortuoso de Montreal e do Canadá. O museu foi construído sobre o que se acredita ser o local de nascimento de Montreal; estudos arqueológicos mostram evidências de mais de mil anos de atividade humana neste exato local.

O Pointe-à-Callière foi inaugurado em 1992 para as celebrações do 350º aniversário da cidade de Montreal, e após 10 anos de extensas escavações, se tornou um dos maiores acervos arqueológicos do país. Visitas guiadas e sessões informativas estão disponíveis todos os dias, sem qualquer custo extra. Os visitantes deficientes não precisam se preocupar, pois o museu é totalmente adaptado para deficientes motores, exceto as seções na cripta arqueológica, abaixo do nível do solo.

Saiba mais
Notre-Dame Basilica of Montreal (Basilique Notre-Dame de Montréal)

Basílica de Notre-Dame (Montreal)

star-4
79
32 excursões e atividades

U, A Basílica de Notre-Dame é um dos maiores símbolos de Montreal e se encontra num local de três séculos de história. A sua última aparição nas notícias foi devida ao batismo do filho de Céline Dion.

No seu interior, um dos destaques é o altar que exibe 32 painéis de bronze representando o nascimento, a vida e a morte. A torre oeste abriga um grande sino que, quando tocado, vibra até dentro dos nossos corpos. A Chapelle du Sacré Coeur (Capela do Sagrado Coração), localizada atrás do salão principal, é apelidada de Capela dos Casamentos e sua popularidade é tão grande que é preciso uma antecedência de dois anos para uma reserva.

De terça a sábado, um show noturno de som e luz, chamado " Et la lumière fut" (E então se fez a luz), usa tecnologia de ponta para contar a história da igreja e da cidade.

Saiba mais
Montreal Place d'Armes

Place d'Armes

star-4.5
17
10 excursões e atividades

Situado no coração da área histórica de Montreal, Place d'Armes é o segundo local público mais antigo de Montreal. Os Sulpicians, que desempenharam um papel importante na fundação da cidade e construíram o Seminário Saint-Sulpice ainda existente no lado sul da praça, o chamaram de Place de la Fabrique, pois ele foi usado como um mercado de feno e madeira. O nome foi, no entanto, alterado para Place d'Armes em 1721, quando o local se tornou o palco de vários eventos militares.

Place d'Armes manteve razoavelmente o seu tamanho real e encanto desde a conclusão da Basílica de Notre-Dame, em 1830, com a diferença que agora é ladeado pelos primeiros arranha-céus da cidade - representando o período de grande desenvolvimento de Montreal - o New York Life Insurance Building, bem como o tesouro estilo art deco Aldred Building, semelhante ao Empire State Building.

Saiba mais
Ville-Marie

Ville-Marie

star-4.5
12
2 excursões e atividades

Poucas pessoas sabem de Ville-Marie mas muita gente já foi lá: é o nome técnico para o centro de Montreal, e um dos lugares mais vibrantes do mundo. Ela engloba Old-Montreal, o centro, o Quartier Latin, Gay Village, grande parte do Mount Royal Park e as ilhas do Rio St Lawrence - realmente, cobre bastante coisa. É, portanto, uma das áreas mais visitadas da América do Norte, e uma das mais densamente povoadas também.

E quando o assunto são atrações, Ville-Marie não é entendiante. Três das quatro universidades de Montreal estão localizadas dentro de seus limites, bem como o notável distrito de Old-Montreal (e seus museus e capelas históricos e praças pitorescas), o animado Gay Village e seus bares de drag-queens, o centro empresarial e comercial, e claro, o luxuoso Mount Royal e sua vista panorâmica do bairro.

Saiba mais
Dorchester Square (Le Square Dorchester)

Dorchester Square

star-3
2
5 excursões e atividades
Dorchester Square é um amplo e frondoso parque urbano no centro de Montreal, rodeado por boutiques e arranha-céus. Ele é delimitado pela René-Lévesque Boulevard ao sul, Peel Street, ao oeste, Metcalfe Street, ao leste, e Dominion Street, ao norte. As vias elegantemente mantidas são sombreadas por árvores e levam a quatro estátuas, cada uma representando um segmento da história do Canadá (Sir Wilfrid Laurier, Boer War Memorial - que é a única estátua equestre em Montreal -, Lion of Belfort e Robert Burns Statue). Da primavera ao outono, ela fica cheia de executivos elegantemente vestidos dos escritórios ali perto que chegam para desfrutar de ar fresco durante o seu intervalo de almoço.

Mas o que atualmente é conhecido como Dominion Square na verdade costumava ser duas praças diferentes: Dorchester Square e Place du Canada, ambos inaugurados em 1878. A recente reunificação dos dois criou uma nova área de pouco mais de 2,1 hectares, tornando-a um ponto importante para o trânsito de pedestres no bairro.

Saiba mais
Montreal Tower (La Tour de Montréal)

Observatório da Torre de Montreal

star-3.5
18
5 excursões e atividades

Bem-vindo à torre inclinada mais alta do mundo! Com 165 metros de altura e um ângulo de 45 graus (a Torre de Pisa tem um ângulo de apenas cinco graus, em comparação!). A icônica torre certamente sabe como chamar a atenção.

A Torre de Montreal foi construída para os Jogos Olímpicos de Verão de Montreal, em 1976, e embora seja um notório "elefante branco" para os nativos, também é uma das atrações mais populares da cidade - compreensivelmente, pois nenhum outro lugar oferece tais vistas deslumbrantes de Montreal, da cordilheira Laurentians, do St. Lawrence River e planícies, e até do Mont-Royal Mountain. Em dias claros, os visitantes podem ver até 80 km de distância. O funicular envidraçado vale o desvio, pois é o único no mundo a operar com uma estrutura curva, contando com um sofisticado sistema hidráulico para completar a subida.

Saiba mais
Montreal Underground City

Cidade Subterrânea

star-4
6
6 excursões e atividades
A Cidade Subterrânea de Montreal (Montréal Souterrain) é o maior complexo subterrâneo do mundo. Um labirinto de túneis que conectam shopping centers, hotéis, escritórios, museus, bancos, universidades e sete estações de metrô, o complexo se destaca ainda mais durante os meses gelados do inverno canadense, quando mais de meio milhão de pessoas frequentam o espaço diariamente. São 120 locais de acesso à Cidade Subterrânea, e com 80% dos espaços de escritórios e comerciais do centro de Montreal conectados por mais de 32 quilômetros de túneis espalhados por quase 12 quilômetros quadrados, como um recurso de planejamento urbano ela é impressionante!

Você pode obter mapas da Cidade Subterrâea gratuitamente em todas as estações de metrô, e você vai precisar de um. Este lugar é enorme e praticamente uma cidade em si, com cerca de 5 mil lojas, restaurantes, boutiques, teatros, e conexões para tudo, desde uma igreja a um museu de hóquei e patinação no gelo.

Saiba mais
La Fontaine Park (Parc La Fontaine)

La Fontaine Park

4 excursões e atividades

33 hectares de pura felicidade - é como os moradores descrevem o La Fontaine Park. Bem no centro da cidade, esse parque verde exuberante se estende com dois lagos ligados, uma fonte e cachoeira, um teatro ao ar livre, um centro cultural, uma área para cães, espaços gramados, ciclovias, churrasqueiras e quadras de tênis. Ele continua sendo um dos parques mais populares daqui, durante o ano inteiro.

Mas La Fontaine Park não foi sempre essa floresta urbana; ele está localizado onde costumava ficar a antiga fazenda Logan, que foi vendida em 1845 para o Governo do Canadá e utilizada para a prática militar até 1900. Esta parte de Montreal ainda era muito rural na época, e os soldados usavam o deserto em torno para treinar. Em um ponto, os militares se foram, e o parque teve a sua primeira grande reforma paisagística - que foi a primeira fase do desenvolvimento dos grandes parques naturais da cidade.

Saiba mais
Atwater Market (Marché Atwater)

Atwater Market

4 excursões e atividades

Aberto desde 1933, Atwater Market é uma parte importante do patrimônio gastronômico de Montreal. Enquanto a cidade tem um grande número de mercados, esse é considerado mais sofisticado do que a maioria. Aqui você poderá experimentar o verdadeiro sabor da cidade, como o mercado dispõe de artesãos e fornecedores que vendem apenas os alimentos, ingredientes e produtos mais frescos. Distribuídos em dois espaçosos andares - bem como tendas ao ar livre, quando o tempo está quente - é preciso passar algumas horas para realmente ver (e provar!) tudo o que é oferecido.

Veja alguns itens exclusivos, incluindo especialidades étnicas e especiarias raras. Para carnes frescas, vá ao andar superior, onde você vai encontrar cerca de 10 açougueiros. Na loja de vinhos você consegue comprar muitas variedades locais, enquanto as várias lojas de flores lhe permitem explorar o lado colorido de Montreal.

Saiba mais
Grevin Museum (Musée Grévin Montréal)

Museu de Cera Grévin

star-5
12
3 excursões e atividades

Pense em um museu que eleva a arte de convencer a um outro patamar! Misture-se com versões (de cera) de Celine Dion, da Rainha Elizabeth II, Albert Einstein, Lady Gaga, Ghandi entre outros neste recém-inaugurado Museu de Cera Grévin, no centro de Montreal. O museu tem oito salas diferentes, ou "mundos", começando com o Palácio das Estações, que leva os visitantes a uma viagem mágica inspirada pela beleza das quatro estações climáticas.

A sala New France concentra-se em exploradores do século 16 - na companhia do navegador francês Jacques Cartier -, enquanto a sala Paris-Québec apresenta personalidades famosas que deixaram a sua marca em ambos os lados do Atlântico. O Sports Temple poderia muito bem ser chamado de Templo de Hóquei, pois dispõe de uma pista de hóquei e várias estátuas de cera de jogadores célebres. E a sala Hotel Grévin leva os visitantes ao longo de uma série de quartos de hotel, cada um com uma atmosfera e convidados distintos.

Saiba mais
Lachine Canal (Canal de Lachine)

Canal de Lachine

2 excursões e atividades

Estendendo-se de Old Montreal até o Lago St. Louis, no norte de Montreal, o Canal de Lachine tem 14,5 km de via navegável, que foi usada principalmente para o transporte comercial. Ele foi construído para permitir que os navios contornassem o traiçoeiro Lachine Rapids, que não era navegável. Os trabalhos sobre o canal começaram em 1821, e ele abriu para a navegação em 1825. A abertura não só fez de Montreal um dos portos mais importantes da América do Norte e um importante centro de comércio de madeira, ferro e aço, como também ajudou a desenvolver os bairros em torno do canal, como Petite-Bourgogne, Saint-Henri, Griffintown e Pointe St-Charles - na verdade, a população de Montreal quadruplicou ao longo dos 50 anos seguintes à construção do canal.

Embora o canal agora esteja obsoleto para a navegação comercial, é possível visitar suas docas históricas, as mais populares estão localizadas em Old-Montreal.

Saiba mais

icon_solid_phone
Reserve online ou por telefone
+55 (21) 3956-1660
+55 (21) 3956-1660