Buscas recentes
Limpar

À medida que o mundo começa a reabrir, estamos empenhados em ajudá-lo a se sentir confiante em sair novamente. Descubra o que os nossos operadores estão fazendo para o manter protegido e procure atividades com fortes medidas de higiene e segurança. Mas antes de ir deve sempre verificar as regulamentações locais mais recentes sobre o seu destino.

Leia mais

Nápoles Atrações

Categoria

Castel dell'Ovo
star-3.5
7
56 excursões e atividades
O Castel dell'Ovo é um castelo fortificado situado na Baía de Nápoles. Construído sobre a pequena ilha de Megaride, agora é ligado ao continente por uma ponte. O lugar foi originalmente colonizado por colonos gregos em VI aC. Nesta época, os antigos romanos construíram uma vila, finalmente exilando o último imperador romano ocidental aqui em V dC. Depois disso, tornou-se um mosteiro, que em seguida foi destruído, antes de um castelo ser construído pelos normandos, no século XII. O castelo atual foi construído no século XV e seu nome vem da lenda de que o poeta romano Virgílio havia enterrado um ovo no local para obter proteção.

Hoje em dia, o castelo abriga o Museu de Pré-história e também é usado para eventos e exposições. Você pode passear pelos quartos e admirar as maravilhosas vistas das torres. A vila de pescadores Borgo Marinari cresceu ao seu redor no século XIX, e atualmente é conhecida pelos seus restaurantes e pela sua marina.

Leia mais
Naples Historic Center (Napoli Centro Storico)
122 excursões e atividades

Nápoles tem muito para oferecer e são muitas coisas para absorver desde o momento em que se sai da estação de trem ou de um navio de cruzeiro. E a região metropolitana de Nápoles se estende até os lados das montanhas circundantes, incluindo um vulcão famoso - o Monte Vesúvio. Mas se você estiver disposto a vislumbrar além da sobrecarga sensorial, no entanto, você vai ver por que a UNESCO declarou o centro histórico de Nápoles Patrimônio Mundial em 1995.

O centro histórico de Nápoles - às vezes chamado de "centro storico" ou "antica storico" em italiano - é composto de mais de 10 diferentes bairros da cidade, que fazem seus caminhos dos montes para o porto. Andar por este centro histórico nos dá a chance de voltar no tempo - Nápoles é como uma peça de museu, mas que nunca esteve além do alcance, atrás das cortinas de veludo vermelho. Este é o tipo de museu que recompensa aqueles que tem paciência para explorar.

Leia mais
Piazza del Gesù Nuovo
70 excursões e atividades

Um dos locais religiosos mais interessantes de Nápoles é a Igreja de Gesù Nuovo, no centro histórico da cidade. Sua fachada de pedra fica de frente para a Piazza del Gesu, um local popular onde os napolitanos se encontram, convivem e desfrutam do agradável clima mediterrâneo.

A praça costumava ser uma das principais entradas da cidade de Nápoles, e hoje é notável pelas duas igrejas ao seu redor e pelo pináculo no centro. A Igreja de Gesù Nuovo, do século 15, como já mencionado, tem uma fachada de pedra intimidante que engana sobre o seu interior ricamente decorado. A igreja de Santa Chiara, do século 14, é um mosteiro e também abriga um museu arqueológico.

O centro da Piazza del Gesu é marcado por uma estátua ornamentada chamada de "Guglia dell'Immacolata", ou Pináculo da Virgem Imaculada. Foi encomendada no século 17, para pedir para Virgem Maria proteção da praga à cidade.

Leia mais
Royal Palace of Naples (Palazzo Reale)
47 excursões e atividades

O Palazzo Reale era o palácio real localizado no centro de Nápoles, que permanece mesmo local até hoje. Construído por volta de 1600, quando Nápoles estava sob domínio espanhol, não foi concluído por dois séculos. No interior, uma bela escadaria dupla o leva aos aposentos reais, que atualmente abrigam o museu do palácio com mobiliário e outros itens. Não perca o enorme presépio do século 18 na Cappella Reale (Capela Real). O Palazzo Reale também abriga a Biblioteca Nacional, que contém milhares de rolos de papiro encontrados em Herculano e os vestígios de uma bíblia copta do século 5.

O palácio está situado na elegante Piazza Plebiscito, a maior praça de Nápoles e assim batizada em homenagem a votação que trouxe Nápoles para o Reino Unificado da Itália em 1870. O palácio ocupa um dos lados da praça, ao lado da igreja de cúpula de San Francesco di Paolo e a elegante curva de colunas dóricas.

Leia mais
Sansevero Chapel (Museo Cappella Sansevero)
49 excursões e atividades
Localizado na vibrante rua de Spaccanapoli, que corta o coração do "centro storico" de Nápoles, o etéreo Cappella Sansevero teve suas origens no final do século XVI, quando era o mausoléu da dinastia aristocrática Di Sangro.

Seu nome traduz para algo como "capela do alquimista" e ele foi ampliado pelo excêntrico Raimondo di Sangro, o sétimo Príncipe de Sansevero, que viveu entre 1710 e 1771. Ele era um homem extraordinariamente talentoso, mas enquanto um pedreiro, os napolitanos da época consideravam que ele tivesse feito um pacto com o diabo. Folheada em mármore branco fantasmagórico, com um piso de mármore multi-colorido e teto de afrescos delirantes de Francesco Maria Russo, a capela é recheada de obras de alguns dos maiores nomes da cena artística napolitana do século XVIII - entre os seus tesouros está a escultura incrivelmente realista de Giuseppe Sanmartino, Cristo Velato (O Véu Cristo).

Leia mais
Centro Storico
34 excursões e atividades

Toda a cidade de Nápoles pode ser avassaladora - ela se estende além da baía e até mesmo pelas encostas do Monte Vesúvio - mas os visitantes só precisam se concentrar no centro histórico, o "Centro Storico", para desfrutar o melhor que ela tem para oferecer.

IIrradiando além da Baía de Nápoles, o Centro Storico acumula mais de 2500 anos de história. Ainda hoje você pode ver algumas ruínas da cidade grega que uma vez ocupava o local. Mais abundantes são os monumentos da era romana, incluindo as estradas que correm em linha reta como uma flecha através do centro histórico, e os tesouros de Pompeia e Herculano, que são mantidos no espetacular Museu Arqueológico de Nápoles.

Leia mais
Saint Lucia Neighborhood (Quartiere Santa Lucia)
star-5
1
7 excursões e atividades

Em um ponto na história, Nápoles foi dividida em mais de duas dezenas de bairros. A geografia da cidade atualmente conta com 10 municípios, embora bairros como Santa Lúcia ainda sejam muitas vezes usados para se referir a várias partes da cidade.

Santa Lúcia é a área que circunda o Castel dell'Ovo. O bairro tem sido o tema e a inspiração para algumas das tradicionais canções napolitanas, a mais conhecida sendo simplesmente intitulada Santa Lucia. Inúmeras interpretações líricas ficaram famosas e são reconhecidas em todo o mundo.

Leia mais
Piazza del Plebiscito
star-4
1972
108 excursões e atividades

Em uma cidade que pode ser tão avassaladora como Nápoles, é bom ter um espaço de uma praça pública como a enorme Piazza del Plebiscito. Esta é uma das maiores praças públicas de Nápoles, e situa-se logo ao lado da baía, na orla do centro histórico da cidade.

A Piazza del Plebiscito e a Igreja de San Francesco di Paola, que fica na borda oeste da praça, foram ambas planejadas no início do século 19 como monumentos em honra ao então imperador Napoleão - seu cunhado era o rei de Nápoles na época. As construções da praça e da igreja foram concluídas em 1816, depois de Napoleão ser exilado.

No lado oposto da Piazza del Plebiscito, você encontrará o Palácio Real de Nápoles, uma antiga residência dos reis de Bourbon, que governaram nos séculos 18 e 19. O lado do palácio que fica de frente para a praça contém nichos onde as estátuas de grandes governantes do Reino de Nápoles são exibidas.

Leia mais
Castel Nuovo (Maschio Angioino)
star-4.5
73
60 excursões e atividades

Castel Nuovo, mais conhecido localmente como Maschio Angioino, é exatamente como um castelo deveria ser - feito de pedra e com torres. Construído como uma nova residência real entre 1279 e 1282 por Charles I de Anjou, é justamente um dos prédios mais marcantes de Nápoles. Observe que a maioria do que vemos atualmente foi construído no século 15 pelo rei Alfonso V de Aragon, e algumas reformas posteriores. No final do século 15, Nápoles foi anexada à Espanha e o castelo foi rebaixado à fortaleza militar, mas Charles III mudou-se para ele em 1734 como Rei de Nápoles, reestabelecendo-o como castelo real.

Hoje em dia, o Castel Nuovo, que já foi palco de renúncias papais, festas de artistas como Giotto, Plutarco e Boccaccio, além de terríveis batalhas, abriga um museu que exibe afrescos, esculturas, e prata e bronze dos séculos 14 e 15, e pinturas de artistas napolitanos dos séculos 17 a 20.

Leia mais
Spanish Quarter (Quartiere Spagnoli)
34 excursões e atividades
Com um labirinto de vielas estreitas e ruas de paralelepípedo, repleto de pequenas lojas, barbearias e bares mal iluminados, o Quartiere Spagnoli é um dos distritos mais atmosféricos de Nápoles. Construído para abrigar as tropas durante a ocupação espanhola, o bairro histórico pode estar um pouco castigado hoje em dia, mas ainda vibra com o movimento, as roupas coloridas penduradas nas varandas, os locais bebendo café nas portas de suas residências e motos pra lá e pra cá a qualquer hora do dia e da noite.

Apesar de ganhar uma reputação bastante desagradável nos últimos anos devido aos frequentes pequenos crimes e roubos, a Quartiere Spagnoli ainda é uma das zonas mais características de Nápoles e um destino original para acrescentar ao itinerário. Além de oferecer uma perspectiva única sobre o cotidiano da cidade, ele é o lar de marcos históricos como a igreja barroca de Santa Maria degli Angeli e o Palazzo Serra di Cassano do século 18.

Leia mais

Nápoles: outras atrações

Piazza Trieste e Trento

Piazza Trieste e Trento

star-4
10
9 excursões e atividades

Esta é a praça para ver e ser visto em em Nápoles. A Piazza Trieste e Trento tem gente bonita tomando coquetéis e jovens sorridentes bebendo sucos de limão dos cafés ao redor. Não perca o lendário Caffe Gambrinus.

Do outro lado da rua fica a elegante Piazza Plebiscito. Uma praça aberta delimitada por uma coleção de colunas dóricas, a gloriosa antiga residência real Palazzo Reale, agora um museu, e a igreja de cúpula de San Francesco di Paola. Também vale a pena ver o Teatro San Carlo, a mais antiga casa de ópera em atividade contínua na Europa e um Patrimônio Mundial da UNESCO.

Saiba mais
Gesú Nuovo Church (Chiesa del Gesù Nuovo)

Igreja Gesú Nuovo

star-5
1
48 excursões e atividades

Originalmente construída como um palácio, a Igreja de Gesu Nuovo foi convertida em um local de culto pelos jesuítas. Ela fica em uma praça com o mesmo nome no centro histórico de Nápoles.

Criada em 1470, a fachada original do palácio foi deixada intacta quando começaram a convertê-lo em uma igreja. O exterior de estilo bugnato é caracterizado por pedras em forma de pirâmide na fachada, mas a sua aparência exterior pode enganar, às vezes resultando em visitantes desavisados passarem reto por ela, sem perceber o que está escondido lá dentro. O interior barroco da Igreja é ornamentado com 11 Capelas e afrescos que representam cenas da Bíblia e as histórias dos Santos. A construção da igreja foi um processo longo, iniciado em 1584, e não concluído até 1601.

Saiba mais
Capodimonte Museum (Museo di Capodimonte)

Museu Capodimonte

13 excursões e atividades

Muitas vezes considerado um dos museus mais importantes da Itália, o Museu Capodimonte é o principal depósito de tudo relacionado a pinturas napolitanas e artes decorativas. Abriga ainda várias obras importantes de outras escolas italianas de pintura, bem como algumas importantes esculturas romanas antigas. Alguns dos destaques da coleção incluem o Retrato do Cardeal Alessandro Farnese e o Retábulo Baronci de Raphael, o Antea de Parmigianino, a Transfiguração de Giovanni Bellini, a Anunciação e a Maria Madalena de Ticiano, para citar apenas alguns.

O primeiro e o segundo andares são inteiramente dedicados às mais de 100 pinturas da escola napolitana (proveniente dos séculos 13 a 18), enquanto as outras salas do palácio são dedicadas ao mobiliário antigo do século 18, e coleções de porcelana e faiança.

Saiba mais
Virgiliano Park (Parco Virgiliano)

Parco Virgiliano

6 excursões e atividades

O antigo poeta romano Virgílio não morreu em Nápoles, mas a cidade roubou seu coração e ele disse que queria ser enterrado lá. Pelo menos é o que dizem os napolitanos. Na bela Colina Posillipo, há três atrações associadas com Virgil - dois parques e a sua suposta tumba. Ambos os parques têm variações sobre o mesmo nome - Parco Virgiliano.

Na base da Colina Posillipo, o Parco Virgiliano a Piedigrotta (também conhecido como o Parco Virgiliano a Mergellina, o bairro abaixo de Posillipo) inclui um caminho sinuoso até o lado da colina, com plantas dos lados e excelentes vistas sobre o Golfo de Nápoles e além dele. E no caminho ao topo do morro, a suposta localização do túmulo de Virgílio fica no final de um longo túnel. Embora já não seja tanto um destino de peregrinação, ainda é popular com alguns visitantes.

Saiba mais
Via San Gregorio Armeno (Christmas Alley)

San Gregorio Armeno (Abadia de Natal)

99 excursões e atividades

É Natal durante o ano inteiro em San Gregorio Armeno. O divertido, colorido e às vezes lotado beco oferece um lugar para passear e ver as famosas decorações de Natal de Nápoles e as figuras de Presepe, ou Presépio.

Primeiro exibidas em mosteiros no século 16 e 17, os presépios conquistaram o seu lugar em casas aristocráticas, e acabaram se tornando uma tradição para todos. Muitas pessoas montam o presépio no dia 8 de dezembro, dia da festa da Imaculada Conceição, mas esperam até a véspera de Natal para colocar o Menino Jesus. Os presépios muitas vezes vão além de uma cena, e podem representar toda a vida de uma comunidade ou aldeia.

Saiba mais
Naples Cathedral (Duomo di San Gennaro)

Catedral de Nápoles (Duomo di San Gennaro)

star-5
2
84 excursões e atividades

O Duomo é a principal igreja de Nápoles. A maravilhosa catedral gótica construída no século 13, que fica no local de uma igreja anterior a ela, data de cerca de 570. Ela é dedicada ao santo padroeiro de Nápoles, San Gennaro, cujo sangue é trazido para fora em um frasco três vezes por ano - no primeiro sábado de Maio, em 19 de setembro e 16 de dezembro. Se ele se liquefaz, está tudo bem. Mas se isso não acontece... a angústia sobre a segurança de Nápoles paira no ar. Felizmente, ele quase sempre se liquefaz.

A catedral contém algumas excelentes obras de arte, incluindo afrescos da Capela do Tesouro de San Gennaro e alguns mosaicos do século 4 d.C. Em um lado do Duomo fica a Basílica de Santa Restituta do 4º século, a capela mais antiga de Nápoles, que contém colunas que se acreditam ser do Templo de Apolo. Aqui em baixo fica um interessante sítio arqueológico traçando a cidade grega, romana e cristã primitiva.

Saiba mais
Naples National Archaeological Museum (Museo Archeologico Nazionale)

Museu Arqueológico Nacional

star-5
1
67 excursões e atividades

Se você for a apenas um museu arqueológico no mundo, tem que ser em Nápoles. Ele têm achados incríveis de Pompeia e Herculano, muita escultura clássica e um tesouro no Gabinetto Segreto (Câmara Secreta)!

O museu tem uma das melhores coleções de antiguidades gregas e romanas, mosaicos, pedras preciosas, vidro e prata. E ainda tem alguns tesouros egípcios e etruscos no meio disso tudo. Inaugurado no final do século 18 para abrigar a coleção privada do rei Charles VII, o museu se tornou propriedade do Estado em 1860.

Saiba mais
Galleria Umberto I

Galleria Umberto I

62 excursões e atividades

Se você já esteve no centro de Milão, com certeza já viu a Galleria Emanuele II, que é um dos mais antigos centros comerciais do mundo, bem como um dos mais belos. Portanto, não é de se surpreender que, quando Nápoles solicitou que uma galeria comercial fosse construída, o designer se inspirou na de Milão. Tanto que, caminhando pela Galleria Umberto I de Nápoles, você vai se sentir momentaneamente como se tivesse sido transportado para Milão.

A Galleria Umberto I foi construída a partir de 1887. Ela tem a forma de uma cruz, com o teto de cada asa feita em vidro e, como a Galleria de Milão, a de Nápoles também é coberta por uma cúpula de vidro. Uma das alas se abre para a Via Toledo, uma rua principal em Nápoles, e a outra, para o Teatro San Carlo.

Saiba mais
Posillipo

Colina do Posillipo

star-4
3
47 excursões e atividades

Nápoles é uma cidade enorme e, apesar de uma parte da população viver no centro histórico - onde a maioria dos turistas ficam bastante tempo - a maior parte vive em bairros que cercam o centro da cidade. Um dos bairros mais bonitos e ricos em Nápoles é Posillipo, localizado no lado norte do Golfo de Nápoles, no topo de uma colina com vista para a água.

Do porto de Nápoles você vai fazer o seu caminho para o norte através do centro da cidade e, em seguida, ao longo da costa para a Colina de Posillipo, onde poderá encontrar algumas das mais belas casas da cidade. Em alguns casos, estas moradias foram remodeladas, mais recentemente, em apartamentos - mas muitas delas ainda são casas particulares para as famílias da elite napolitana. Se não estiver de carro, você pode pegar o funicular do bairro de Mergellina até o topo da Colina do Posillipo.

Saiba mais
San Carlo Opera House (Teatro di San Carlo)

Teatro di San Carlo

43 excursões e atividades

A casa de ópera de Nápoles, o Teatro di San Carlo, não é apenas a mais antiga casa de ópera da Itália, mas também é a casa de ópera em atividade por mais tempo em toda a Europa, tendo estado aberta desde 1737.

O local foi construído durante o reinado de Charles VII, um membro da monarquia Bourbon, e o teatro foi originalmente classificado como uma casa de ópera real. Em novembro de 1737, a ópera abriu as suas portas pela primeira vez, mas, em 1816, o fogo consumiu todo o interior do prêdio restando somente a estrutura externa. O teatro foi reconstruído e reabriu no ano seguinte. Atualmente, a temporada de ópera começa no final de janeiro e vai até maio. Você também pode ver apresentações de balé no teatro, cuja temporada vai de abril até o início de junho.

Saiba mais
Church and Monastery of Santa Chiara (Chiesa e Monastero di Santa Chiara)

Santa Chiara

29 excursões e atividades

A construção de Santa Chiara remonta a 1310. Fundada pelo rei Robert de Anjou e sua segunda esposa Sancha de Maiorca, a igreja foi aberta para cultos 30 anos depois, em 1340. Dois conventos foram também construídos, um para freiras e outro para monges.

Em meados de 1700, o interior da igreja foi remodelado em estilo barroco, porém a maioria de Santa Chiara foi destruída em agosto de 1943, durante bombardeios da Segunda Guerra Mundial. Quando ela foi reconstruída 10 anos depois, readquiriu o seu estilo gótico original. O Complexo Monumental de St. Chiara também inclui o Museu Opera, que além de cobrir a história napolitana, também exibe itens que sobreviveram aos bombardeios da Segunda Guerra Mundial. Reserve um tempo para visitar a área arqueológica de Santa Chiara. As ruínas de um spa romano foram descobertas após a guerra. O spa é semelhante aos de Pompeia e Herculano.

Saiba mais
Basilica of San Domenico Maggiore (Basilica di San Domenico Maggiore)

San Domenico Maggiore

15 excursões e atividades

Situada em uma praça movimentada e rodeada por palácios, uma visita a San Domenico Maggiore, do século 13, oferece aos turistas a oportunidade de ver uma bela igreja e uma animada praça.

A nova Igreja de San Domenico Maggiore foi construída entre 1283 e 1324. Ela incorpora uma igreja menor, a Capela de San Michele Arcangelo a Morfisa - você pode ver as ruínas no interior - primeiramente construída no mesmo local no século 10. Como muitas igrejas, San Domenico Maggiore passou por muitas reformas e remodelações durante a sua longa história. Em 1670, passou por uma reforma barroca, para ser restaurada ao seu design original gótico, no século 19. San Domenico Maggiore conta com obras de arte renascentistas bastante famosas, incluindo afrescos de Pietro Cavallini e cópias de obras de Caravaggio e Ticiano.

Saiba mais
Basilica di San Lorenzo Maggiore

San Lorenzo Maggiore

10 excursões e atividades

Há centenas de igrejas históricas em Nápoles, então montar a lista das que são imerdíveis pode ser difícil. Mas San Lorenzo Maggiore deve definitivamente fazer parte do seu itinerário. Foi em San Lorenzo Maggiore que o poeta Boccaccio teria encontrado Fiammetta. Durante uma visita ao local você verá uma bela igreja, terá uma aula de história e uma visão incrível de Nápoles subterrânea.

O Complexo Monumental de San Lorenzo Maggiore contém a igreja e um museu que cobre a sua notável história. Ele é construído em cima de um mercado romano, por isso quando se fala de San Lorenzo, pode referir-se a igreja, ao museu ou ao sítio arqueológico abaixo dele. Uma grande parte do mercado foi escavada e os visitantes podem passear para ver as ruínas bem preservadas de lojas antigas. Listado como Patrimônio Mundial da UNESCO, o mercado é o único local de grande escala de origem greco-romana escavado no centro da cidade.

Saiba mais
Procida

Procida

9 excursões e atividades

A menor ilha do Arquipélago da Campânia, uma viagem até Procida pode lhe deixar uma bela impressão.

Em comparação com as ilhas vizinhas mais conhecidas, um reduzido número de visitantes se aventuram até Procida, tornando-a um excelente destino para os viajantes que não gostam de muita agitação. Enquanto a praia Chiaiolella é o trecho mais popular da ilha de areia, a praia de Pozzo Vecchio é conhecida pelas paisagens do filme Il Postino.

Forrada de construções em tom pastel arco-íris, apenas vagar pelas ruas estreitas pode proporcionar horas de diversão. É difícil dizer quais são as melhores vistas: as casas e igrejas ou os barcos ancorados ao longo da costa.

Saiba mais

icon_solid_phone
Reserve online ou por telefone
+55 (21) 3956-1660
+55 (21) 3956-1660