Buscas recentes
Limpar

À medida que o mundo começa a reabrir, estamos empenhados em ajudá-lo a se sentir confiante em sair novamente. Descubra o que os nossos operadores estão fazendo para o manter protegido e procure atividades com fortes medidas de higiene e segurança. Mas antes de ir deve sempre verificar as regulamentações locais mais recentes sobre o seu destino.

Leia mais

Ilha do Sul Atrações

Categoria

Lake Wakatipu
star-5
1
77 excursões e atividades

O reluzente Lago Wakatipu é o maior lago da Nova Zelândia. Com a forma de um N invertido, ele é um dos destaques de uma viagem para Queenstown, que fica aninhada em uma curva perto do meio do lago.

Durante a Era do Gelo, uma enorme geleira esculpiu o lago, que chega a uma profundidade de 400 metros. As montanhas circundantes que alimentaram a geleira conferem um cenário dramático às águas cristalinas.

A pressão atmosférica faz com que o lago suba e desça cerca de 12 centímetros a cada 5 minutos e isso originou a lenda maori que diz que o movimento d'água é o coração de um gigante adormecido dentro do lago.

O magnífico lago foi o local de gravação das cenas de Lothlorein em O Senhor dos Anéis.

Se você deseja entrar em suas águas da maneira mais conveniente, suba a bordo do navio a vapor vintage TSS Earnslaw. Os cruzeiros pelo lago o levam até o Walter Peak, onde você pode ver uma fazenda em funcionamento.

Leia mais
Franz Josef Glacier
star-5
298
60 excursões e atividades

Uma das geleiras que se movem mais rápido no mundo, a Franz Josef é um espetacular rio de gelo. Também é uma das geleiras mais íngremes do mundo, erguendo-se por 2,5 km ao longo do seu persurso de 12 km através do vale, terminando na exuberante floresta temperada.

A geleira passa por caminhos irregulares que forçam a elevação do gelo, criando drásticos penhascos e rachaduras no gelo. Mais de 2.700 pessoas visitam o local por dia durante a alta temporada. Alguns exploram a frente do terminal, enquanto outros preferem os voos de helicóptero para admirar as vistas panorâmicas e ter acesso às quedas de gelo mais elevadas, para poderem clamar sobre o gelo e esculpir uma aventura na deslumbrante e desafiadora superfície.

Leia mais
Coronet Peak
20 excursões e atividades
Localizado a apenas 25 minutos de Queenstown, o Coronet Peak é um dos resorts de esqui mais populares em toda a Ilha Sul da Nova Zelândia. Este histórico local de esqui é oficialmente o mais antigo da nação, e quando abriu em 1947, tinha apenas um único cabo de reboque.

Hoje, no entanto, Coronet Peak é um resort de esqui moderno em linha com os melhores do país. Além de ser o mais antigo da nação, é também um dos últimos resorts em que a neve derrete. Dada a sua localização ao Sul, temperaturas mais frias rendem uma temporada mais longa e melhores condições para a neve. Na maioria dos anos, Coronet Peak abre as suas encostas por volta da metade do mês de junho, e fica aberto durante todo o inverno até a montanha derreter em outubro. Além da longa temporada, o resort oferece vistas sobre o Lago Wakatipu e dos Alpes do Sul ao redor.

Leia mais
Banks Peninsula
star-4
1
11 excursões e atividades
A Península de Banks é uma parte de Christchurch que muitos visitantes ignoram. Esta península circular em grande parte subdesenvolvida tem uma importância óbvia no mapa, mas a grande maioria dos visitantes de Christchurch acabam não explorando a área.

A única exceção é a cidade de Akaroa, um dos passeios de um dia mais populares de Christchurch. Este encantador local da herança francesa fica a 90 minutos de carro de Christchurch, e as suas lojas de luxo e casinhas decoradas com roseiras oferecem uma bela paisagem ao seu porto protegido. O porto em si é a caldeira do vulcão que formou a península, e as suas águas calmas são um local popular para passeios de barco e nadar com os golfinhos. Ao longo do caminho para Akaroa você vai passar por pastagens e fazendas, e algumas vinícolas e estabelecimentos de alimentos gourmet estão espalhados ao longo da rodovia.

Leia mais
Kawarau Suspension Bridge
20 excursões e atividades

42 metros acima das águas do dramático desfiladeiro Kawarau, nenhuma atração é mais icônica em Queenstown que a histórica Ponte Kawarau. Construída em 1880, esta rústica ponte conectava Queenstown com as regiões de ouro de Otago. Com a construção de uma estrada de asfalto, no entanto, o tráfego deixou a ponte e ela começou a ser frequentada por ciclistas e corredores.

Então, em 1988, o aventureiro A.J. Hackett decidiu amarrar um cabo de bungy jump nos seus tornozelos e se jogar da ponte. Quando suas mãos mergulharam nas águas abaixo e a corda o puxou de volta em direção à ponte, começou oficialmente atividade de bungy jumping em Queenstown. Hoje, centenas de visitantes lotam a ponte para ver os mais corajosos saltando no desfiladeiro. Para os que estão tomando coragem, a correnteza da água em cascata através do desfiladeiro abafa os suspiros dos mais medrosos.

Leia mais
Aoraki/Mt. Cook National Park
star-4.5
22
20 excursões e atividades
Uma maravilhosa área de Patrimônio Mundial da UNESCO medindo 700 quilômetros quadrados, o Aoraki / Parque Nacional do Monte Cook se estende de Westland até Fiordland, na Ilha do Sul.

22 das montanhas mais altas da Nova Zelândia ficam neste parque, incluindo o poderoso Monte Cook de 3755 metros, o pico mais alto do país. Talvez a melhor maneira de apreciar a grandeza das montanhas seja a partir dos céus, em um passeio de helicóptero sobrevoando o parque. Uma meca para os montanhistas, caminhantes, esquiadores e amantes de belezas naturais, suas atrações incluem a geleira de Tasman e o caloroso e acolhedor Heritage, o hotel mais famoso da Nova Zelândia.

Leia mais
The Remarkables
star-5
30
12 excursões e atividades

Um playground ao ar livre da Nova Zelândia, o Remarkables, localizado nas alturas deste país montanhoso, oferece grandes emoções para qualquer visitante que queira um pouco de diversão nos alpes. Com excelentes espaços para praticar esqui, caminhadas, snowboard ou apenas dar uma volta, estas majestosas reservas são diversão garantida para toda a família.

Saltos, túneis e até mesmo um castelo inflável estão disponíveis na creche para criancas de todas as idades, enquanto as escolas de esportes de neve estão esperando por adultos que estiveram fora das pistas por algum tempo.

Você também pode dar uma olhada em como os profissionais fazem, em competições internacionais que são realizadas no local. Assista ao esquiadores irem às alturas, ou veja o fluxo de esquiadores de renome fluirem entre os slaloms em velocidades intensas.

Leia mais
Franz Josef Glacier Hot Pools
star-5
9
3 excursões e atividades
A Ilha do Sul da Nova Zelândia é realmente uma terra encantadora de fogo e gelo. Já conhecida pelos nevados Alpes do Sul e as geleiras que cobrem as montanhas, é também uma ilha de correntes de energia geotérmica que emerge em fontes termais.

No município de Franz Josef - localizado a cinco horas de Queenstown na húmida e selvagem Costa Oeste -, as fontes termais são realmente um pouco diferentes daquelas encontradas em outros lugares na ilha. Ao contrário da água das fontes ser aquecida pela Terra e emergir de uma abertura natural, as piscinas quentes em Franz Josef usam a água da geleira ali perto. Esta água gelada e pura é então aquecida artificialmente a cerca de 100° e levada para seis piscinas diferentes. Combinada com a sua localização em meio à floresta tropical, esta é uma alternativa mais tranquila ao turismo de adrenalina que é tão dominante na Costa Oeste.

Leia mais
Dunedin Railway Station
star-4.5
42
19 excursões e atividades
Conhecida pelos residentes locais como "Gingerbread George" por causa de sua arquitetura rebuscada, a Estação de Trem de Dunedin, na Ilha Sul da Nova Zelândia, foi projetada por George Troup e inaugurada em 1906. Nos primeiros anos, a estação era a mais movimentada do país, com pelo menos 100 trens passando pelos seus trilhos diariamente.

Enquanto a estação ainda está em operação, o tráfego ferroviário reduzido significa que o icônico prédio hoje serve a várias outras funções, e também tem um trem turístico que percorre a zona rural através de Middlemarch, Palmerston ou Pukerangi que parte diariamente dela. Mas ainda há muito para fazer aqui sem precisar sair da estação; o térreo abriga um restaurante popular, e o New Zealand Sports Hall of Fame e a Otago Art Society encontram-se no andar superior.

Leia mais
International Antarctic Centre
star-4
69
7 excursões e atividades
Experiencie tudo o que você quiser saber sobre o continente gelado da Antártida no Centro Antártico Internacional, de tempestades de gelo a passeios de ATV e pinguins.

Os horários de alimentação no NZ Penguin Encounter são extremamente populares, bem como o tour Pinguim Backstage Pass, para ver de perto essas graciosas criaturas. Faça um passeio pelo terreno acidentado de Hagglund em um veículo apropriado para o local, veja a neve sendo feita e atire bolas de neve, descanse em uma caverna de gelo e veja o aquário com exibições de animais selvagens da Antártida. Não se preocupe em manter-se aquecido: jaquetas e galochas são fornecidas.

Leia mais

Ilha do Sul: outras atrações

Christchurch Tram

Bonde Histórico de Christchurch

star-4.5
45
7 excursões e atividades
Embarque em um bonde clássico para um passeio descontraído pelo centro de Christchurch. É a forma mais relaxante e divertida de se orientar, ver as atrações e os pontos turísticos da cidade.

Os bondes saem da Cathedral Square, no centro de Christchurch. A rota então atravessa a Worcester Bridge sobre o rio Avon, passa pelo Jardim Botânico e segue em frente às lojas de Armagh Street. Todos os bondes oferecem comentários informativos a bordo. Por que não combinar o seu city tour em um bonde com a sua refeição noturna, e fazer um passeio no Restaurant Tram à noite? O bonde de estilo colonial oferece todo o conforto, e o cardápio apresenta especialidades locais como cordeiro e frutos do mar.

Saiba mais
Christchurch Gondola

Christchurch Gondola

star-4.5
11
8 excursões e atividades

Desfrute de uma visão panorâmica de mais de 500 metros acima do nível do mar no Christchurch Gondola. Admire os 360 graus da paisagem urbana de Christchurch, enquanto as maiores atrações competem pela sua atenção, com vista para Canterbury Plains, Alpes do Sul e a Península de Banks. A viagem leva 10 minutos em cada sentido.

A estação para pegar o teleférico fica em Heathcote Valle e tem estacionamento disponível se você estiver vindo de carro. A estação do topo fica no Monte Cavendish, onde há um café e uma loja, caso você queira comprar algumas lembranças. Há também trilhas para caminhada e ciclismo nas proximidades, então venha preparado para passar algum tempo por aqui.

Saiba mais
Christchurch Botanic Gardens

Jardim Botânico de Christchurch

star-4.5
23
29 excursões e atividades
Christchurch é conhecida como a cidade jardim, um reduto anglófilo de jardins bem cuidados e ruas arborizadas. O local de maior orgulho para esta cidade de amantes de flores vai para o Jardim Botânico, atraentemente situado dentro de uma curva do sinuoso Rio Avon. Os jardins são plantados com milhares de plantas exóticas e indígenas, com destaque especial indo para as suas passarelas Tília, convidativos gramados e flores sazonais como magnólias, azaleias e rosas.

Vários conservatórios protegem uma variedade de espécies, incluindo plantas do deserto, flores tropicais, begônias, plantas alpinas e orquídeas. Os jardins são o local ideal para um piquenique, ou para encontrar um local relaxante para passar alguns momentos tranquilos longe do agito da cidade.

Saiba mais
New Regent Street

New Regent Street

7 excursões e atividades
Quando construída pela primeira vez, em 1930, a New Regent Street era louvada como "a mais bela rua da Nova Zelândia". Atualmente, após os terremotos devastadores de 2010 e 2011, a rua recuperou a sua fachada colorida - construída em estilo missão espanhola - onde construções coloridas de dois andares abrigam lojas, restaurantes e cafés.

Quando a rua foi construída pela primeira vez na Grande Depressão, apenas 3 dos 40 prédios originais foram ocupados por inquilinos que pagaram pelo arrendamento, devido às dificuldades econômicas da época e à incapacidade deles em pagar o aluguel. Gradualmente, um número crescente de empresas se estabeleu por aqui, e a rua foi reconstruída como um calçadão pedonal em 1994. Quando os fatídicos terremotos atingiram Christchurch, a New Regent Street foi um dos primeiros locais a ser reconstruído e receber residentes e visitantes novamente, mas muitos reparos eram temporários e ainda precisam de uma restauração permanente.

Saiba mais
Hagley Park

Hagley Park

6 excursões e atividades
Sem dúvida, o Hagley Park é a mais verde, mais relaxante, mas também a mais movimentada milha quadrada em Christchurch. No lado relaxante, este parque central oferece dezenas de oportunidades para momentos de lazer na cidade. Reme nas águas do rio Avon que delimita um lado do parque, ou passe uma hora em meio ao jardim botânico totalmente rodeado pelo parque. Estique a sua toalha na grama e faça um piquenique no verão, ou fotografe as famosas flores silvestres na primavera.

Por mais traquilo que o Hagley Park possa ser, no entanto, ele pode mudar radicalmente para um local pulsante durante um dos inúmeros festivais de Christchurch. Em grandes eventos, como o World Buskers Festival ou o Great Kiwi Beer Festival, dezenas de milhares de residentes de Christchurch podem aproveitar o espaço de uma forma totalmente diferente.

Saiba mais
Pegasus Bay Winery and Restaurant

Vinícola Pegasus Bay

star-4.5
7
5 excursões e atividades
A Pegasus Bay é uma vinícola e restaurante operada em família, e situada no Vale do Waipara, ao norte de Christchurch. Os vinhos da Pegasus Bay são feitos com frutas cultivadas nos vinhedos da família Donaldson.

Os Donaldsons têm cultivado uvas e produzido vinho desde o início da década de 1970. Com uma equipe composta de marido, esposa e três filhos, a família usa métodos naturais, e a vinícola produz Sauvignon, Riesling, Chardonnay, Pinot Noir, Merlot e Cabernet. A vinícola também é conhecida por alguns vinhos reserva.

Saiba mais
Underwater Observatory

Observatório Subaquático

2 excursões e atividades

Uma coisa que você não vai ver quando visitar Queenstown são mergulhadores no lago Wakatipu. Não só porque a água é assustadoramente fria (a temperatura média é de 8 graus celsius), mas porque o Observatório Subaquático permite que você veja abaixo da sua superfície, sem nem precisar molhar o cabelo.

Situado ao longo do principal pier de Queenstown, este observatório KJet possui seis grandes janelas onde trutas, patos e enguias de 15 quilos nadam bem na sua frente. Famílias com crianças vão adorar alimentar os patos e vê-los mergulhando, ou alimentar as trutas e ver os respingos por todos os lados.

Saiba mais
Avon River

Rio Avon

10 excursões e atividades

Para os nativos Maori, o Rio Avon era uma área de pântano que era usada como um local de pesca sazonalmente. A área em torno de sua foz era predominantemente desabitada, e a água fresca das suas nascentes era utilizada para fins sagrados de cura.

Atualmente, o Avon é um rio sinuoso que tece o seu caminho através de Christchurch, suas águas suaves oferecendo uma presença calmante para a agitação urbana da cidade. O rio corta subúrbios ocidentais como os de Riccarton e Fendalhead, e, em seguida, passa diretamente pelo centro de Christchurch e o pelo vasto Hagley Park. Para o leste da cidade, o Avon finalmente desagua no Pacífico, não muito longe da cidade litorânea Sumner.

No centro de Christchurch, passear de barco no Rio Avon desde Hagley Park é uma popular atividade turística. Sente-se e relaxe enquanto navegadores experientes o levam ao longo do rio, e veja as paisagens de Christchurch enquanto flutua junto às suas margens.

Saiba mais
Canterbury Museum

Museu de Canterbury

5 excursões e atividades
Muito parecido com o fascinante Museu Te Papa, em Wellington, o Museu de Canterbury oferece uma perspectiva em profundidade sobre a história e a cultura de Christchurch. Localizado no centro da cidade de Christchurch (e tendo sofrido poucos danos no terremoto de 2011), os visitantes podem admirar a arquitetura neo-gótica antes mesmo passar pela porta. A entrada para o museu é tecnicamente gratuita (embora doações sejam bem vindas), e você pode facilmente passar horas se perdendo pela cultura de Christchurch, Canterbury e da Nova Zelândia.

As exposições do museu cobrem a história de Christchurch, desde os primeiros dias da descoberta Maori à arte de rua moderna. O museu foi criado em 1867 pelo explorador Julius Haast (segundo o qual lugares como a cidade de Haast obtiveram o seu nome), e é considerado um local histórico que você pode visitar durante uma viagem de um dia para Christchurch.

Saiba mais
Cashel Street

Cashel Street (Re:Start Mall)

star-5
1
Uma excursão ou atividade
Houve uma época em que a movimentada Cashel Street era o coração pulsante de Christchurch; a devastadora destruição do terremoto de 2011 acabou deixando a área em frangalhos. Carente de um centro comercial e de atividades para elevar a moral dos residentes, o Re:Start Mall abriu as suas portas apenas oito meses após o terremoto.

Com contêineres coloridos em vez de prédios, a estrutura atraiu um público sorridente para as ruas novamente. Hoje em dia, o centro comercial da cidade (também conhecido como Cashel Street Mall) é uma rua pedonal de lojas, cafés e os pontos mais privilegiados para assistir o movimento. Percorra as lojas de departamento e de moda ou relaxe com um chá da tarde na praça ao ar livre para desfrutar do astral do centro de Christchurch, que literalmente emergiu dos escombros. Para uma atração multimídia fascinante, visite as exposições Quake City no shopping, onde você vai ouvir histórias sobre os terremotos de Christchurch e praticamente ser transportado para o dia em que tudo aconteceu.

Saiba mais
Larnach Castle

Castelo de Larnach

star-4.5
35
24 excursões e atividades
Construído entre 1873 e 1887, o Castelo de Larnach é o único castelo em toda a Nova Zelândia. Situado em um belo terreno de 14 hectares, explorar seus jardins e interiores é uma ótima programação para um dia inteiro. Para uma estadia prolongada, você pode ficar no Larnach Lodge, de 4 estrelas, localizado nas terras do castelo.

Construído por um banqueiro e político australiano, o castelo apresenta uma combinação de estilos americano, veneziano e gótico na decoração e arquitetura, tornando-se totalmente elaborado e único. Além de seus ornamentados interiores e bem cuidados jardins, turistas e hóspedes se reúnem no Larnach para uma experiência sobrenatural: diz-se que o castelo é assombrado por vários membros da família Larnach.

Não deixe de tomar um chá ou saborear um almoço leve no salão de baile, uma das partes mais bonitas do castelo, bem como visitar o viveiro de plantas da propriedade.

Saiba mais
Christchurch Arts Centre

Centro das Artes de Christchurch

star-4.5
9
8 excursões e atividades
O Centro das Artes de Christchurch foi, por muito tempo, o centro criativo da cidade. Localizado em prédios neogóticos que já abrigaram a Universidade de Canterbury, o centro foi bastante afetado em 2011, quando um grande terremoto danificou 22 dos 23 prédios. O Centro das Artes está fechado ao público, mas trabalhos estão em andamento para reabri-lo aos poucos.

As origens do local remontam ao final dos anos 1800. Além da Universidade de Canterbury, os prédios abrigavam escolas de ensino médio. As escolas se mudaram daqui e, em meados da década de 1950, uma população crescente fez com que a Universidade também precisasse se mudar para um campus maior. E foi assim que o Centro das Artes foi criado.

Saiba mais
Skyline Queenstown

Skyline Gondola

5 excursões e atividades

Não falta beleza por aqui, o Skyline Gondola fica no topo do elevador mais íngreme do Hemisfério Sul no Bob’s Peak, com um terminal no topo que atinge mais de 800 metros de altura. Sente-se e relaxe enquanto você aprecia as melhores vista da cidade, revelando Queenstown em toda a sua majestade. Os pontos de vista mais emocionantes de ver são The Remarkables, Coronet Park, e, claro, o Lago Wakatipu.

Considerado por muitos como uma das melhores vistas do mundo, o Skyline Gondola é equipado com uma cafeteria e um restaurante, onde você pode desfrutar de uma refeição maravilhosa e, se tiver com sorte, uma tradicional apresentação maori.

Incremente com um pouco de aventura, fazendo um dos espetaculares passeios luge no topo do pico, onde você pode escolher entre o passeio panorâmico fácil de descida (fácil até para crianças), ou uma trilha mais rápida e aventureira.

Saiba mais
Port Hills

Port Hills

6 excursões e atividades
Separando Christchurch de Lyttelton Harbor, Port Hills é um área recreativa maravilhosa para se exercitar em Christchurch. Alcançando quase 550 metros, Port Hills fica a uma curta distância do centro da cidade e é cruzado por diversas trilhas diferentes. Venha para a encosta em uma mountain bike alugada, aventure-se em uma caminhada cênica ou assista os paragliders saltarem das pistas com vista para a cidade litorânea de Sumner. Muitas das trilhas foram fechadas por causa de deslizamentos de terra no terremoto de 2011, mas a maioria delas já foi reaberta e são uma refrescante alternativa ao agito da cidade.

Além das trilhas, Port Hills é conhecido pelas aves nativas, que fazem das encostas o seu lar. Vislumbre o pombo da Nova Zelândia enquanto ele paira acima das colinas, ou ouça o chamado de uma araponga nativa sussurrando sobre os arbustos.

Saiba mais

icon_solid_phone
Reserve online ou por telefone
+55 (21) 3956-1660
+55 (21) 3956-1660