Saiba mais sobre a nossa resposta ao Covid-19.

Leia mais
Buscas recentes
Limpar

Ilha Grande do Havaí Atrações

Categoria

Mauna Kea Summit & Observatory
star-5
168
16 excursões e atividades

Se você é um astrofísico nato, ou apenas um fã da Teoria do Big Bang, aproveite a oportunidade enquanto estiver na Ilha do Havaí para visitar os observatórios no topo do monte Mauna Kea.

A uma altura de 13.796 pés (4.138 m) do nível do mar, Mauna Kea é a montanha mais alta do Havaí e seu cume é tomado por observatórios astronômicos de todo o mundo.

A Estação de Informação ao Visitante fica a uma humilde altura de 9.300 pés (2.790 m). De lá em diante, há apenas uma difícil trilha de caminhada até o cume. O trajeto leva cerca de cinco horas e você precisa estar apto e preparado para todos os tipos de condições climáticas.

O centro de visitantes tem exposições e vídeos interativos, telescópios, palestras e passeios. Também há passeios com guia até o cume.

Leia mais
Kealakekua Bay
star-5
136
35 excursões e atividades
Para algumas das melhores oportunidades de snorkeling na Grande Ilha, visite as águas protegidas de Kealakekua Bay. Esta área remota também é popular entre os caminhantes, que podem se deparar com as ruínas de antigos templos e aldeias no percurso.

Enquanto isso, golfinhos se divertem na baía e a costa é o lar do obelisco branco que homenageia a morte do capitão James Cook, em 1779, neste mesmo local.

Leia mais
Honokohau Harbor
star-5
3
22 excursões e atividades
Declives íngremes se destacam logo na costa de Kona, populados por grandes espécies - como espadins e peixes agulha que podem pesar mais de 450 quilos. A maioria dos tours para fisgá-los partem da marina de Honokohau, pouco antes da entrada para o Kaloko-Honokohau National Historic Park. Quase todos os pescadores, operadores turísticos de pesca esportiva, bem como barcos que levam aos populares locais de mergulho e aventuras para ver golfinhos e mantas em Kailua-Kona começam e terminam na Honokohau Marina.

A bem equipada marina também oferece dois excelentes restaurantes: o Harbor House, um estabelecimento de hambúrguer e cerveja com vista para os navios do seu ambiente ao ar livre, e o Bite Me Fish Market Bar & Grill, que serve frutos do mar direto do oceano à sua frente. Caixas-eletrônicos, banheiros equipados com chuveiros quentes e uma loja de conveniência para lanches e outros ítens de necessidade pessoal completam as instalações daqui.

Leia mais
Hawaii Volcanoes National Park
star-5
318
34 excursões e atividades

A mega-atração da Ilha do Havaí é o Parque Nacional dos Vulcões, único Património Mundial do local. A peça central do parque é o volátil vulcão Kilauea, que continua a cuspir lava derretida, cinzas e vapor de sua cratera.

A Crater Rim Drive é uma espetacular pista de acesso, contornando a borda da caldeira, parando em mirantes e passando por florestas e desertos.

Estranha e de fácil acesso, aThurston Lava Tube é uma formação alongada e ôca como uma caverna, criada pelo fluxo de lava.

Uma outra rota interessante é a da sinuosa Chain of Craters Road (estrada da cadeia crateras), que segue ao longo das encostas do vulcão até a costa, onde a lava de erupções recentes se acumula.

Leia mais
Waipio Valley
star-5
20
3 excursões e atividades

Formando um profundo anfiteatro natural, banhado pelo mar e cachoeiras, o Vale Waipio da Ilha Grande do Havaí é um paraíso natural com florestas floridas e trilhas para caminhadas.

Penhascos de milhares de metros de altura se alinham no famoso vale íngreme e cachoeiras fazem o seu caminho até o fundo do vale.

A curva praia de areia preta daqui é alcançada através uma rota íngreme que entra no vale, e pontos de observação oferecem uma vista estupenda do topo.

É um lugar mágico, onde batalhas foram travadas por Kamehameha, o Grande, e local de templos e tumbas reais.

Leia mais
Punaluʻu Black Sand Beach
20 excursões e atividades
Você já pisou em areia preta? Devido à constante atividade vulcânica, a areia do Havaí exibe uma variedade de cores. Além do branco, você também pode encontrar tons verdes e pretos, essa última na popular praia de Punalu'u.

Localizada na costa sudeste Kau, entre o Parque Nacional dos Vulcões do Havaí e a cidade de Naalehu, esta praia deve estar na sua lista de lugares para visitar aqui na Ilha Grande do Havaí. O litoral é emoldurado por coqueiros, mas o que é frequentemente encontrado na beira da areia tende a roubar a cena. Grandes honu, ou tartarugas marinhas havaianas, são vistas frequentemente aqui tomando banho de sol. Fotografe o quanto você quiser, mas fique a uma distância segura delas. A natação não é ideal aqui devido a ondas e correntes. Há uma área para piqueniques, então planeje-se e venha preparado para desfrutar de um almoço com belas vistas. Não pegue a areia preta da praia para levar com você - diz a lenda uma maldição o acompanhará se o fizer.

Leia mais
Kailua Pier
star-5
2
9 excursões e atividades
O Kailua Pier é o local da maioria dos restaurantes, lojas e bares de Kailua-Konao, um trecho de concreto amplo o suficiente para abrigar quatro faixas de tráfego (se não fosse fechada para carros). O cais histórico foi construído pela primeira vez como um cais de pesca em 1900, e utilizou rochas do palácio e paredes do forte descontruídos, mas hoje poucos barcos atracam aqui. Em vez disso, o cais é usado principalmente para grandes eventos e festivais, incluindo o anual Kona Ironman World Championships, que começa e termina no cais, e o Kona International Billfish Tournament, cujas capturas de espécies - algumas de peixes enormes, que incluem o espadim azul do Pacífico - são diariamente pesadas nas balanças ao lado do cais para que todos possam ver.

No lado norte do cais, uma pequena praia de frente para o King Kamehameha Marriott Hotel oferece chuveiros públicos e banheiros, e recebe eventos da comunidade, como o Kona International Surf Film Festival e o Kona Brewers’ Festival.

Leia mais
Rainbow Falls
star-4.5
2
40 excursões e atividades
A Rainbow Falls cria um raro exemplo em que um nome havaiano e um nome Inglês realmente significam a mesma coisa. Conhecida pelos havaianos como Waianuenue, o nome faz referência ao arcos-íris que pode ser visto na névoa da cachoeira. A imagem parece ser uma ocorrência natural de tal beleza que transcende a expressão linguística, e hoje a cachoeira é uma das atrações mais populares para os turistas que chegam a Hilo.

A apenas 45 metros de uma área de estacionamento pavimentada do Wailuku River State Park, uma grande área de visualização oferece a melhor plataforma para admirar essas quedas. Para ver o arco-íris que deu o nome à cachoeira, visite por volta das 10h, quando o ângulo da luz é perfeito para essa visão. Por trás das quedas, uma grande caverna abriga Hina - a mitológica deusa havaiana que deu a luz ao semideus Maui - e as circundantes piscina turquesa e floresta tropical rendem fotos espetaculares deste paraíso.

Leia mais
Captain Cook Monument
star-4.5
72
20 excursões e atividades
O explorador britânico Capitão James Cook encontrou a morte em Kealakekua Bay, em 14 de fevereiro de 1779, talvez devido a um mal-entendido sobre o uso de um barco.

Hoje em dia, um obelisco branco marca o lugar onde ele perdeu a sua vida, em sentinela sobre a costa exuberante e suas águas cristalinas. Há excelentes oportunidades para mergulhar nas praias de rochas pretas da costa, bem como para remar em um caiaque ao redor.

Leia mais
Akaka Falls
star-5
7
12 excursões e atividades
Quando você vê a Cachoeira de Akaka pela primeira vez é normal que o seu coração quase salte pela boca. Afinal de contas, a beleza desta cachoeira de 128 metros é conhecida por pegar os viajantes desprevenidos, tem algo na sua perfeição vertical que provoca uma reação quase hipnótica.

Ou talvez seja o ambiente selvagem dramático que confere à ela uma magia extra, onde o verde à sua volta parece abraçar gentilmente tamanho espetáculo. De qualquer maneira, a Cachoeira de Akaka é uma das atrações mais populares e pitorescas da Ilha Grande do Havaí, e a curta caminhada para chegar a ela a torna facilmente acessível aos visitantes. Localizada 25 minutos ao norte de Hilo, a cachoeira é encontrada dentro dos limites do parque estadual que leva o seu nome. Uma curta trilha circular leva do estacionamento ao mirante para admirar as famosas quedas, e ao longo do caminho oferece vistas inesperadas da cachoeira Kahuna, de 30 metros.

Leia mais

Ilha Grande do Havaí: outras atrações

Saddle Road (Hawaii Route 200)

Saddle Road

16 excursões e atividades
Como uma solitária via asfaltada em meio a Ilha Grande, a Saddle Road é o meio mais rápido de dirigir entre Hilo e Kona. Houve uma época em que este trecho remoto da rodovia era uma das piores estradas do Havaí, mas melhorias substanciais e re-pavimentação a tornaram mais acessível.

De Hilo, a Saddle Road sobe através de bairros residenciais em direção a uma exuberante floresta envolta em neblina. O verde das samambaias é gradualmente substituído pelo marrom do deserto, e nevoeiro é comum à medida que a estrada vai subindo os seus mais de 2 mil metros de altitude. Passando entre as cimeiras de Mauna Kea e Mauna Loa - as duas montanhas de quase 4 mil metros, frequentemente cobertas de neve no inverno - a estrada passa pelo desvio para o Centro de Visitantes de Mauna Kea, onde astrônomos se reúnem todas as noites. A cobertura de telefonia celular é irregular na Saddle Road, e não existem posts de gasolina ou lojas de conveniência nos seus 77 quilômetros de extensão.

Saiba mais
Parker Ranch

Parker Ranch

star-4.5
290
5 excursões e atividades
É justo dizer que quando a maioria dos visitantes pensam no Havaí, a pecuária não é a primeira coisa que vem à mente.

Acredite ou não, os ranchos do Havaí já estavam em atividade muito antes daqueles do oeste americano, e o Parker Ranch, na Ilha Grande do Havaí, não é apenas a maior fazenda de gado do Havaí, mas uma das maiores fazendas de gado encontradas em toda a América. Quando o explorador britânico George Vancouver navegou para o Havaí, em 1793, ele deixou para trás alguns bois para a realeza havaiana. Um kapu foi colocado no gado para que a população pudesse se multiplicar, e em 1830 havia tanto gado nas ilhas havaianas que eles acabaram se tornando um verdadeiro problema. Durante este mesmo período de tempo, um marinheiro de 19 anos chamado John Palmer Parker chegou no Havaí, em 1809, passou alguns anos vivendo entre os moradores locais, e alguns anos mais tarde retornou com um mosquete americano, que ele usaria para caçar gado selvagem.

Saiba mais
Kilauea Volcano

Vulcão Kilauea

star-5
61
10 excursões e atividades

O Vulcão Kilauea é a estrela principal do Parque Nacional dos Vulcões na Ilha Grande, o único Patrimônio Mundial do Havaí. O Vulcão Kilauea permanece ativo, jorrando lava de cor laranja, vapor, brasas e pulverização. Quando for seguro visitar, você poderá dirigir em torno da base do vulcão, nos 17 km que circundam a cratera, pontilhados com mirantes espetaculares.

Visite o centro turístico para aprender sobre as condições de pista e caminhadas guiadas, e venha preparado para o tempo instável caso você queira fazer caminhadas pelas trilhas que contornam a base.

Saiba mais
Kaloko-Honokohau National Historical Park

Parque Nacional Histórico de Kaloko-Honokohau

7 excursões e atividades
É fácil olhar para a costa de Kona e se perguntar como os havaianos sobreviveram. Estéril, seco e coberto de lava negra, este terreno desolado parece inóspito e incapaz de prover qualquer sustento. Mas, na verdade, esta costa sustentava uma próspera população de habitantes nativos havaianos, que desenvolviam o ambiente natural para maximizar todos os seus recursos.

No Parque Nacional Histórico de Kaloko-Honokohau, logo ao sul do Aeroporto Kona, esta história antiga é trazida à realidade e combinada com lazer. Caminhe pelos antigos tanques de peixes que eram usados para alimentar a aldeia, e siga trilhas passando pelos históricos 'heiau' que eram usados na adoração dos deuses. Se o sol de Kona estiver muito quente, refresque-se nas areias brancas da Honokohau Beach, ou mergulhe na Queen's Bath para apreciar os arredores tranquilos. Mais do que apenas praias e trilhas, o Parque Nacional Histórico de Kaloko-Honokohau é como um museu ao ar livre da arqueologia havaiana.

Saiba mais
Liliuokalani Gardens

Liliuokalani Gardens

star-5
2
23 excursões e atividades
Pontes de pedra se estendem sobre fossos rasos que fluem através de jardins bem cuidados, com pagodes vermelhas e jardins de pedra à beira-mar. Os 12 hectares do Liliuokalani Gardens, ligados por uma série de trilhas para Coconut Island na litorânea Hilo, é um ambiente sereno tão popular entre os caminhantes e corredores locais, quanto com os visitantes que se hospedam nos hotéis ali perto, ao longo de Banyan Drive.

Batizado segundo a rainha Liliuokalani, a última monarca do Reino do Havaí antes da anexação pelos Estados Unidos, e projetado no estilo japonês Edo em 1917 - em honra aos muitos trabalhadores japoneses das plantações de açúcar da área -, os jardins são uma mistura perfeita do Havaí e do Japão. Observe além das palmeiras e do outro lado da baía e você verá as encostas do Mauna Kea ao longo da costa de Hamakua, mas logo ao seu redor ficam uma tradicional casa de chá japonesa - ainda usada pela Urasenke Hilo Association para compartilhar a tradição de cerimônias de chá japonesas -, lagos koi e estátuas orientais.

Saiba mais
Mauna Loa

Mauna Loa

star-5
3
3 excursões e atividades
O vulcão mais poderoso do mundo não desponta na ilha do Havaí como você imaginaria. Em vez disso, seus 'três dedos gigantes' abrangem a maior parte da metade sul da ilha, chegando ao mar em pontos ao norte e ao sul de Kailua Kona, e todo o interior da Saddle Road e descendo em direção a Hilo. É possível estar nas encostas do Mauna Loa e nem perceber!

Para realmente apreciar o vulcão, a maioria dos visitantes opta por dirigir ao longo da Saddle Road, incrustada no sopé de rocha de lava estéril onde o Mauna Loa encontra o Mauna Kea. Se você chegar perto do 28 Mile Marker na Mauna Loa Observatory Road, será recompensado com um passeio panorâmico de 27 quilômetros (só de ida) até suas encostas a cerca de 1500 metros acima do nível do mar até 3400 metros, terminando perto da entrada para os observatórios da montanha. Ao contrário dos observatórios astronômicos no topo do vizinho Mauna Kea, a maioria desses do Mauna Loa monitoram o clima. É possível visitar os observatórios, mas é necessário agendar previamente.

Saiba mais
Kohala

Kohala

star-5
74
5 excursões e atividades
Como um grande polegar que se projeta para o mar, o distrito Kohala ocupa a extremidade noroeste da Grande Ilha do Havaí. Formada por um vulcão de quase 1650 metros que entrou em erupção pela última vez há mais de 120 mil anos atrás, Kohala hoje é dominada por vales verdejantes, plantações, pastos e antigos locais religiosos havaianos. É um local de cowboys e hippies, praias e vales, e arquitetura que vai desde os modernos resorts de South Kohala a antigos templos construídos inteiramente em pedra. Embora a área de terra de Kohala seja composta por apenas 6% do total da ilha, pode-se levar semanas para explorar tudo. Mais do que apenas uma parte da Grande Ilha do Havaí, Kohala é um destino por si só.

A maioria dos visitantes de South Kohala estão familiarizados com os resorts de Waikoloa e Mauna Lani, onde campos de golfe contrastam com os campos de lava negra circundantes.

Saiba mais
Kona (Kailua-Kona)

Kona (Kailua-Kona)

star-5
138
10 excursões e atividades

Muitas vezes chamado de Kailua-Kona, e referindo-se ao distrito ocidental Kona Coast como um todo, Kona fica no sotavento (seco e ensolarado) de Ilha Grande.

O Kona Coast é centro de férias da Ilha Grande, com um bom clima, esportes aquáticos, extensas praias, templos havaianos, museus, restaurantes e lojas. O Ironman Triathlon é anualmente realizado aqui a cada outubro.

Enquanto estiver na região, experimente o café local Kona, siga o caminho costeiro do Kailua Pier, visite os antigos palácios reais de Kamakahonu e Hulihee, e a primeira igreja do Havaí.

Saiba mais
Kaumana Caves State Park

Cavernas Kaumana

11 excursões e atividades
Criadas pelo fluxo de lava de Mauna Loa, em 1881, as Cavernas Kaumana ficam perto de Hilo. Diz a lenda que uma Princesa Ruth sentou-se em frente ao fluxo de lava e rezou para a deusa Pelé salvar a cidade, e o fluxo parou bem na hora. Escadas de concreto (que podem ser escorregadias) o levam através da clarabóia para a entrada. O exterior das cavernas é cheio de uma densa e exuberante folhagem, enquanto o interior é repleto de pedras de lava.

Você pode conferir a área perto da entrada das cavernas em uma visita rápida, mas se você for do tipo explorador, é bom vir preparado e reservar algum tempo. As rochas de lava podem ser escorregadios e afiadas, e as cavernas escurecem rapidamente. Você vai precisar de um bom tênis ou sapatos de caminhada e uma boa lanterna. Um farol seria ainda melhor, já que lhe deixa as mãos livres. Luvas e joelheiras também são recomendadas para protegê-lo de arranhões e cortes. As passagens podem ser baixas, então um capacete não é uma má ideia.

Saiba mais
Banyan Drive

Banyan Drive

star-5
39
14 excursões e atividades
A um quarteirão da costa de Hilo ficam dezenas de altas figueiras com seus troncos grossos e únicos. Árvores semelhantes podem ser encontradas em todo o Estado, mas o que faz com que esses cinquenta exemplares sejam únicos é quem os plantou.

Entre 1933 e 1972, muitas celebridades famosas, figuras políticas, autores e havaianos plantaram pessoalmente ou dedicaram estas mudas de Banyan como uma maneira de celebrar a sua visita ou honrar os amigos. Em frente ao hotel Hilo Hawaiian, uma árvore particularmente grande apresenta uma pequena placa indicando que foi plantada por George Herman "Babe" Ruth, e do outro lado da Banyan Drive ficam árvores plantadas pelo Rei George V, pela rainha Elizabeth e por Richard Nixon. Outros nomes famosos são vistos em cartazes ao longo do corredor de folhas, como Franklin Roosevelt, a estrela de cinema Cecil B. DeMille e sua esposa Constance, Amelia Earhart, o vulcanólogo Dr. Thomas Jaggar (cujo nome foi dado ao Jaggar Museum, no Parque Nacional de Vulcões do Havaí) e o músico Louis Armstrong.

Saiba mais
Puʻuhonua o Honaunau National Historical Park

Parque Nacional Histórico Pu'uhonua o Honaunau

13 excursões e atividades
Até 1819, antigos havaianos respeitavam às leis religiosas que eram geralmente conhecidas como kapu. Tudo no cotidiano havaiano - desde que peixe você pode comer em que época do ano, até as roupas que podiam ser vestidas - era regulado por milhares de kapu diferentes que impunham duras penalidades quando desrespeitados. Se a sua sombra repousasse em algum chefe, ou se você não conseguisse se ajoelhar enquanto ele comia, seria considerado o desobedecimento do kapu, punido com a morte pelo desrespeito à vontade dos deuses.

Quando um kapu sagrado era desrespeitado, a única maneira de se redimir seria encontrar uma Pu'uhonua - uma cidade de refúgio, onde um ancião ou padre poderia purificá-lo do pecado. Mas se você fosse capturado antes de chegar lá, a punição frequentemente seria a morte. Como você pode imaginar, Pu'uhonua eram lugares populares durante os dias do antigo Havaí, mas alguns continuam sendo atrações turísticas populares hoje em dia.

Saiba mais
Kekaha Kai State Park (Kona Coast State Park)

Kekaha Kai State Park (Kona Coast State Park)

4 excursões e atividades
Com grande parte do seu litoral coberto de rochas irregulares de lava preta, Kona não é bem conhecida por suas praias. No entanto, alguns locais oferecem os intocados oásis de areia branca que simbolizam o Havaí, incluindo os trechos com palmeiras no Kekaha Kai (Kona Coast) State Park.

As melhores partes de praia estão localizadas mais de 1,5 quilômetros de distância em uma estrada esburacada através de um emaranhado de fluxos de lava. As placas que sinalizam trechos "não melhorados" estão, visivelmente, subestimando a situação. O vulcão de Hualalai, que aparece atrás do parque, formou esses caminhos para o mar entre o final dos anos 1700 e 1801. Mas para aproveitar a experiência de verdade (e cumprir as exigências de muitas locadoras de carros), faça a caminhada de 2,5 quilômetros. Quando chegar à beira-mar, as pequenas instalações - incluindo estacionamento, banheiros, chuveiros e uma área de piquenique na praia - estarão bem em frente a você. Mas para chegar às maiores extensões de areia branca, você vai precisar continuar um pouco mais, virando à direita nas placas antes dos banheiros para chegar Mahaiula Bay.

Saiba mais
Hamakua Coast

Costa de Hamakua

star-5
6
4 excursões e atividades
Fechada, convidativa e incrivelmente verdejante, a Costa de Hamakua é praticamente um portal do tempo no lado nordeste da Ilha Grande. Muitas vezes referida como o "Corredor do Patrimônio Hamakua", esse trecho de 80 quilômetros de estrada de duas vias passa por pequenas cidades históricas e oferece uma variedade incrível de cenários a cada curva. O açúcar já foi rei aqui nessa costa e, embora o último campo tenha sido cultivado em 1994, vestígios das antigas plantações ainda estão espalhados ao longo do percurso.

Deixe a cidade de Hilo para trás e aventure-se ao norte, em direção à Cachoeira de Akaka, passando pelo Jardim Botânico Tropical do Havaí até a cidade de Laupahoehoe. Aqui você vai encontrar o Museu do Trem de Laupahoehoe, um pequeno prédio que ilustra a história ferroviária do Havaï. O trem era vital para o transporte do açúcar proveniente dos campos até o porto de Hilo, e um tsunami devastador destruiu os trilhos em 1946.

Saiba mais
Akatsuka Orchid Gardens

Jardins Akatsuka (Akatsuka Orchid Gardens)

9 excursões e atividades
O Havaí é conhecido por suas flores tropicais, mas a orquídea não é uma delas. Nos Jardins Akatsuka (Akatsuka Orchid Gardens), no entanto, mais de mil destas simétricas plantas florescem criando uma estufa de cores vibrantes.

O proprietário dos jardins, Moriyasu Akatsuka, tem cultivado orquídeas há séculos neste lado da montanha. Considerado um mestre da hibridação, Akatsuka cria orquídeas que irão florescer com mais frequência e são diferentes de quaisquer outras no mundo. Uma destas orquídeas, um tipo excepcionalmente raro de Paphiopedilum, foi encontrada na Tailândia e trazida aos seus cuidados antes de ser exibida aqui no jardim. Devido às suas características singulares e simetria, esta orquídea é avaliada em US $ 20.000, e os viajantes que visitam entre maio e setembro pode vê-la florida. Como muitas de suas outras orquídeas singulares, esta famosa planta recebeu o seu próprio nome e é hoje conhecida como “Volcano Queen” devido à sua casa real na montanha.

Saiba mais

icon_solid_phone
Reserve online ou por telefone
+55 (21) 3956-1660
+55 (21) 3956-1660