Buscas recentes
Limpar

COVID-19: Verifique as restrições locais para turistas e saiba em que estamos a trabalhar para o ajudar a manter-se seguro e os seus planos flexíveis. Saiba mais.

Leia mais

Bruges Atrações

Categoria

Burg Square
48 excursões e atividades

O nascimento da cidade de Bruges foi anunciado pela construção de um castelo fortificado no topo de uma colina no século 9 feito por Baldwin Iron Arm’s (conde de Flandres I). O castelo foi originalmente construído para proteger a área de invasões Vikings e Normandas, e manteve-se a sede dos Condes de Flandres durante mais de 500 anos. O castelo já não existe, mas a encantadora praça pública que o substituiu, conhecida como Burg, tem sido o centro da cidade ao longo dos séculos.

Burg fica a uma curta caminhada do Markt (outra praça da cidade) e é o lar de uma coleção de prédios históricos, que juntos representam quase todas as épocas da história de Bruges. Os mais impressionantes incluem o antigo salão medieval da cidade, o registro civil em estilo renascentista e a neo-clássica corte da justiça.

Leia mais
Church of Our Lady (Onze-Lieve-Vrouwekerk)
40 excursões e atividades

Erguendo-se 122 metros, e coberto em torres de tijolo, o campanário da Igreja de Nossa Senhora - a estrutura mais alta da cidade - domina o horizonte de Bruges. O pináculo pode ser visto de toda a cidade, enquanto que de dentro da torre, em um dia claro, você pode ver tanto a Bélgica, quanto a Holanda.

A igreja foi construída ao longo de dois séculos (13 a 15) e abriga uma coleção substancial de obras de arte. O trabalho mais célebre da coleção é a escultura em mármore branco "Madonna e o Menino", criada por Michaelangelo no início do século 16 - é uma das poucas peças de Michaelangelo que podem ser vistas fora da Itália. A Igreja de Nossa Senhora também exibe uma representação da pintura a óleo da crucificação, feita pelo artista barroco flamengo Anthony van Dyck, e um púlpito rococó, do artista Jan Antoon Garemijn, de Bruges.

Leia mais
Basilica of the Holy Blood (Heilig-Bloedbasiliek)
39 excursões e atividades
A Basílica do Sangue Sagrado (Heilig-Bloedbasiliek) é uma igreja em Bruges, na Bélgica, que abriga o que se acredita ser o sangue de Jesus Cristo. A basílica já foi uma capela construída no século 12, e sofreu várias adições e reconstruções ao longo dos séculos. A capela mais baixa foi construída em estilo românico e tem pouca decoração. A capela superior, embora originalmente românica, foi reconstruída em estilo gótico, com abundância de cores e detalhes.

Diz a lenda que José de Arimatéia teria limpado o sangue do corpo de Cristo depois da crucificação e conservado o pano. Supostamente, o pano teria ficado em Jerusalém até a Segunda Cruzada. Naquela época, o Rei de Jerusalém ofereceu a relíquia ao seu cunhado, o conde de Flandres, Diederik van de Elzas. O conde levou a relíquia para Bruges em abril de 1150, e a teria colocado na capela que ele construiu em Burg Square.

Leia mais
Minnewater (Lake of Love)
40 excursões e atividades
Com um nome desses, você pode ficar inclinado a nem visitar Minnewater só por causa do clichê. Mas não se engane, este lago canalizado é realmente encantador e pode até mesmo oferecer a sensação de viajar no tempo, para o apogeu medieval de Bruges.

O lago é cercado por árvores e antigas casas de tijolos, e o Parque Minnewater ali do lado é muitas vezes o palco de apresentações musicais ao vivo nos meses de verão. Você provavelmente vai ver muitos cisnes no lago - eles são um dos símbolos de Bruges -, mas é bom lembrar que eles não são exatamente conhecidos pela sua simpatia. As melhores vistas do Minnewater podem ser apreciadas a partir da ponte do século XVIII que atravessa o lago. Minnewater certamente é um lugar romântico para passear a dois, mas qualquer um pode aproveitar a tranquilidade e as paisagens para fazer uma parada relaxante do burburinho e agito do centro da cidade nas proximidades.

Leia mais
Princely Beguinage Ten Wijngaarde (Begijnhof)
31 excursões e atividades
Um dos mais famosos e mais bem preservados lugares listados como Patrimônio Mundial da UNESCO da Bélgica, Beguinages (Begijnhof) ou 'Ter Weyngaerde' de Bruges, é uma das atrações mais visitadas da cidade, oferecendo uma visão única do movimento Beguine europeu da Idade Média. Um bom exemplo do tradicional beguinage flamengo, o complexo isolado de casas, igrejas e jardins foi fundado em 1230 pela Condessa Johanna de Constantinopla e até 1926 abrigou uma pequena comunidade de Béguines, leigas que dedicaram suas vidas a Deus.

Hoje em dia, o local é o lar de cerca de 25 freiras beneditinas, mas seu passado Beguine vive no museu Beguinage no local, que apresenta exposições como a recriação de uma cozinha do século 19 e uma mostra de artesanato tradicional. Para a maioria dos visitantes, porém, simplesmente vagar ao redor dos jardins cheios de narcisos, casas caiadas de branco e a igreja do século 13 já oferece uma sugestiva perspectiva sobre a solidão do estilo de vida Beguine.

Leia mais
Historic Centre of Bruges (Historisch Centrum van Brugge)
25 excursões e atividades
Bruges é uma das cidades mais pitorescas da Bélgica. É uma das cidades mais bem preservadas e a sua arquitetura medieval conseguiu escapar da destruição causada pelas duas Guerras Mundiais. Há mais de 1000 anos atrás, Bruges era uma importante cidade comercial devido à sua localização perto da costa. Mas no século XI, as vias navegáveis que tinham acesso direto ao mar começaram a sedimentar. Embora as muralhas da cidade não existam mais, quatro portões antigos marcam os limites da cidade antiga e o que é hoje o centro da cidade. Ruas de paralelepípedos, construções coloridas, e uma série de canais conferem o charme à pequena cidade.

Comece a sua visita no Grote Markt, a principal praça de Bruges. Aqui você encontrará o Campanário com a sua torre de quase 83 metros - que você pode subir para vistas fantásticas da cidade. Ou você pode desfrutar da cidade em um passeio de barco pelos canais! Na Basílica do Sangue Sagrado, veja o frasco que acredita-se conter o sangue de Jesus.

Leia mais
Bruges City Hall (Stadhuis van Brugge)
17 excursões e atividades
A Prefeitura (Stadhuis) é o prédio mais antigo da Bélgica e, possivelmente, o mais belo de Bruges. A construção de estilo gótico foi erguida entre 1376 e 1420, e foi uma das primeiras grandes prefeituras dos Países Baixos. A cidade foi governada daqui por mais de 700 anos.

A fachada frontal da Prefeitura dispõe de janelas góticas e as armas das cidades e aldeias que estavam sob o domínio administrativo de Bruges. As estátuas de figuras bíblicas e Condes de Flandres que ficam nos nichos da fachada são substituições do século XX para as versões originais. As outras foram pintadas por Jan van Eyck e destruídas pelos rebeldes pró-franceses na década de 1790. No salão de entrada, um grande escada leva ao ornamentado Gothic Hall, que foi decorado em 1895 com murais de parede neo-góticos que ilustram acontecimentos da história de Bruges - pegue um guia de áudio para ouvir as informações detalhadas.

Leia mais
Market Square (Markt)
70 excursões e atividades
Coração da cidade medieval de Bruges e núcleo da cidade moderna, a Praça do Mercado (Markt) é uma das mais marcantes da Europa. Rodeada por residências medievais, a praça de 1 hectar é o centro dos acontecimentos da cidade, com lojas de lembrancinhas e restaurantes com mesas que se espalham pelas ruas durante os meses de verão - e um mercado de Natal vibrante com uma pista de gelo ao ar livre transformando a praça no inverno.

A Praça do Mercado também é o lar de algumas das obras arquitetônicas mais célebres de Bruges, incluindo pontos de referência como o campanário do século XII, que oferece uma vista espetacular do alto das sua torre de 83 metros de altura. Outros destaques incluem o neo-gótico Palácio Provincial de Justiça do século 19 e a imponente estátua central de Jan Breydel e Pieter de Coninck, que homenageia os líderes políticos da Batalha das Esporas de Ouro, de 1302 .

Leia mais
Groeningemuseum
5 excursões e atividades

Um dos melhores museus de belas artes da Bélgica, o Groeningemuseum tem uma coleção que abrange cerca de 600 anos de pintura flamenga e belga, a partir do século 14 até 20. Peças notáveis incluem Madonna with Canon Van der Paele de Jan van Eyck, o pintor flamengo do século 15. Esta peça foi concluída em 1436 e apresenta técnicas altamente sofisticadas, como multo detalhamento e uso de várias camadas de óleo e vernizes para atingir textura e profundidade. Esta pintura é considerada uma das obras mais ambiciosas de Van Eyck.

Outras obras em exposição incluem Moreel's Triptychl de Hans Memling; O Último Julgamento de Hieronymus Bosch, O Julgamento de Cambises de Gerard David - que retrata o juiz persa corrupto Sisamnes sendo esfolado vivo -, e outras peças do pintor flamengo Rogier van der Weyden, e dos surrealistas Magritte e Paul Delvaux.

Leia mais
Lace Centre & Museum (Kantcentrum)
O Kantcentrum é um museu de rendas e centro de aprendizagem em Bruges, na Bélgica. Ele está localizado na antiga escola de rendas das Irmãs Apostolinas, um prédio renovado a partir de 1899. A construção é parte da propriedade da família Adornes, que era originalmente de Gênova, na Itália, do século XIV. O museu explora as origens das rendas e o início do seu desenvolvimento. Diferentes telas mostram técnicas e movimentos básicos, tipos de rendas e as suas origens geográficas, a história da indústria de rendas e como ela se encontra hoje em dia, além de ensinar sobre rendas em Bruges. Essa tradição é homenageada aqui, juntamente com formas mais contemporâneas.

Ao visitar o museu, você também pode assistir a algumas demonstrações do centro. Os visitantes ainda podem explorar diferentes técnicas e estéticas, bem como aprender sobre a própria indústria de rendas de uma forma interativa.

Leia mais

Bruges: outras atrações

Canals of Bruges (Brugse Reien)

Canais de Bruges

2 excursões e atividades
Bruges é muitas vezes referida como a Veneza do norte, devido aos seus muitos canais. Embora a cidade esteja localizada no interior, fica perto o suficiente da costa para que várias inundações resultassem na formação destas hidrovias. Isso ofereceu a Bruges o acesso ao mar, e a cidade se tornou um importante centro comercial. Na Idade Média, os canais precisaram ser ampliados para que os navios de carga chegassem à cidade. No entanto, como as principais ligações para o mar começaram a seder, Bruges começou a declinar como um centro comercial.

Hoje em dia, os navios comerciais já não navegam essas vias de Bruges. Em vez disso, os canais são usados somente por barcos de turismo. Cinco famílias, cada uma com quatro barcos, têm acesso exclusivo para oferecer passeios ao longo dos canais. Bruges teve uma forte ligação com a água durante séculos, e fazer um passeio de barco nos canais é uma das melhores maneiras de aprender sobre esta ligação e a história da cidade.

Saiba mais

icon_solid_phone
Reserve online ou por telefone
+55 (21) 3956-1660
+55 (21) 3956-1660