Saiba mais sobre a nossa resposta ao Covid-19.

Leia mais
Buscas recentes
Limpar

Jerusalém Atrações

Categoria

Muro das Lamentações (Muro das Lamentações)
star-5
3250
2 excursões e atividades

Uma sinagoga ao ar livre onde os fiéis recitam orações, o histórico Muro das Lamentações de Israel é onde os viajantes vêm para beijar pedras de ouro claro da cor do deserto de Negev e para enfiar orações de papel entre as pedras. O coração pulsante da Cidade Velha de Jerusalém, este é um local sagrado imperdível no Bairro Judeu.

Leia mais
Cidade Velha de Jerusalém
star-5
3302
5 excursões e atividades

As antigas ruas sinuosas da Cidade Velha de Jerusalém abrigam alguns dos locais religiosos mais sagrados do mundo para judeus, muçulmanos e cristãos, incluindo o Monte do Templo, a Igreja do Santo Sepulcro, a Via Dolorosa, a Cúpula da Rocha e o Muro das Lamentações. Além disso, cada um dos quatro bairros do distrito tem um caráter único que vale a pena experimentar.

Leia mais
Mar Morto
star-4.5
3094
3 excursões e atividades

O Mar Morto, lar do ponto mais baixo do mundo a 1.269 pés (383 metros) abaixo do nível do mar, também é classificado como um dos corpos d'água mais salgados do mundo. Essa hiper-salinidade, tão única no Mar Morto, atrai visitantes de todo o mundo para experimentar a flutuabilidade incomum, bem como acessar a lama rica em nutrientes em suas margens.

Leia mais
Vale Kidron
star-4.5
1930

O Vale do Kidron é conhecido por suas vistas deslumbrantes, bem como seu significado histórico e religioso. É um destino para viajantes que buscam uma pedra de toque bíblica, graças ao seu papel principal na história de Davi nos livros de Samuel, Reis e Crônicas, nas tradições ortodoxas, judaicas, protestantes e católicas.

O vale também abriga centenas de tumbas antigas localizadas perto da vila de Silwan. É amplamente reconhecido como o principal cemitério da cidade durante os tempos históricos. As tumbas mais importantes no Vale do Cédron incluem o Pilar de Absalão, a Tumba de Benei Hezir e a Tumba de Zacarias. Os viajantes que explorarem essas tumbas em uma visita ao vale ganharão uma compreensão mais profunda da cultura, história e tradições religiosas de Jerusalém, enquanto desfrutam de algumas vistas verdadeiramente incríveis.

Leia mais
Igreja do Santo Sepulcro
star-4.5
2584
Uma excursão ou atividade

A Igreja do Santo Sepulcro na Cidade Velha de Jerusalém fica no que se acredita ser o local da crucificação, sepultamento e ressurreição de Jesus. O local mais sagrado do cristianismo, a igreja fica no final da Via Dolorosa - o caminho que se acredita que Jesus fez no caminho para a crucificação.

Leia mais
Via Sacra (Via Dolorosa)
star-5
2684
Uma excursão ou atividade

A Via Dolorosa (Via Dolorosa) é um caminho antigo na Cidade Velha de Jerusalém, onde se acredita que Jesus carregou a cruz para a crucificação. Também conhecida no catolicismo como a Via-Sacra, é uma peregrinação que vem desde o século IV. O percurso mudou ao longo dos anos e hoje são 14 estações ao longo do caminho, cada uma marcada com uma placa detalhando o que aconteceu naquele local.

Leia mais
Bairro Judeu de Jerusalém
star-5
2466
Uma excursão ou atividade

Este destino religioso e espiritual é um dos quatro bairros históricos que compõem a famosa cidade de Jerusalém. Os viajantes em busca de uma referência ao passado encontrarão exatamente o que procuram em uma visita a este lugar que remonta ao Império Romano.

Ruínas antigas descobertas por arqueólogos da Universidade Hebraica estão em um punhado de museus e parques no Bairro Judeu, incluindo uma imagem de 2.200 anos de uma menorá do Templo e partes da Torre Israelita. Uma piscina impressionante construída pelos romanos foi descoberta em 2010. Os viajantes encontrarão esta homenagem a outra vida repleta de telhas de terracota, pisos de mosaico e degraus majestosos.

Além das ruínas arqueológicas, os visitantes podem visitar vários dos outros locais históricos e religiosos que estão espalhados pelo Bairro Judeu. O famoso Muro das Lamentações, várias sinagogas, um punhado de Yeshivot e uma mesquita abandonada oferecem uma visão sobre a cultura e as tradições desta cidade diversificada. As barracas ecléticas e a energia contagiante do mercado do Cado e da Praça Hurva também oferecem aos viajantes um gostinho da vida local.

Leia mais
Jardim do Getsêmani
star-4.5
2469
Uma excursão ou atividade

De acordo com a fé cristã, Jesus orou no Jardim do Getsêmani na noite anterior à sua prisão. Hoje, a Igreja de Todas as Nações guarda este local sagrado no sopé do Monte das Oliveiras, onde frades franciscanos passeiam por oliveiras retorcidas ao lado de peregrinos de todo o mundo.

Leia mais
Bairro Cristão
star-4.5
2320
2 excursões e atividades

A murada Cidade Velha de Jerusalém é dividida em quatro bairros principais: o bairro judeu, o bairro muçulmano, o bairro armênio e o bairro cristão. O bairro cristão da cidade contém cerca de 40 locais religiosos sagrados para o cristianismo, incluindo a Igreja do Santo Sepulcro em seu coração. A igreja é venerada como o local onde Jesus foi crucificado, sepultado e ressuscitado e continua sendo um local de peregrinação para cristãos de todo o mundo. Para muitos, é considerado o local mais sagrado da religião.

Os peregrinos costumam seguir a Via Dolorosa, o caminho que Jesus percorreu até sua crucificação, parando em santuários e pequenos locais ao longo do caminho. Muitas igrejas, mosteiros, escolas e museus estão espalhados por toda parte. Você também encontrará residências, lojas de souvenirs, cafés e outras peças da vida diária daqueles que atualmente residem na área. Há também um mercado colorido e icônico remendado entre as paredes de pedra e as ruas estreitas.

Leia mais
Massada
star-4.5
2207
4 excursões e atividades

Massada, Patrimônio Mundial da UNESCO, uma antiga fortaleza construída pelo Rei Herodes, o Grande, data de 37 a.C. Sua localização em um penhasco com vista para o deserto da Judéia e o Mar Morto é um local espetacular para assistir ao nascer do sol.

Leia mais

Jerusalém: outras atrações

Igreja da Natividade (Basílica da Natividade)

Igreja da Natividade (Basílica da Natividade)

star-4.5
1903

A Igreja da Natividade engloba uma gruta onde, de acordo com a escritura de Christain, Jesus nasceu. Situada na Praça da Manjedoura em Belém, na Cisjordânia dos territórios palestinos, a igreja listada como Patrimônio Mundial da UNESCO é um dos lugares mais sagrados do Cristianismo.

Saiba mais
Igreja de Todas as Nações (Basílica da Agonia)

Igreja de Todas as Nações (Basílica da Agonia)

star-4.5
1757

A Igreja de Todas as Nações é uma importante igreja Católica Romana situada no Monte das Oliveiras, em Jerusalém. É também conhecida como a Basílica da Agonia, com seus mosaicos dourados nas paredes retratando o sofrimento do mundo assumido por Jesus. Diz a tradição que Jesus se ajoelhou sobre uma rocha aqui no Jardim do Getsêmani antes de ser preso pelos romanos. A laje de rocha agora está cercada por um círculo de espinhos de ferro.

Historicamente o local de uma igreja bizantina, foi convertido em uma basílica no século 4 pelos cruzados. A atual estrutura de pedra tem cúpulas, paredes e pilares construídos em estilo bizantino, embora tenham sido construídos de 1919 a 1924. Sua construção foi alimentada por doações de comunidades católicas de todo o mundo. Os símbolos de cada nação que doou foram embutidos no vidro do teto da igreja.

Saiba mais
Bairro Armênio

Bairro Armênio

star-5
673

O bairro armênio de Jerusalém remonta ao século IV e continua sendo a diáspora armênia mais antiga do mundo. Centrado em torno do Mosteiro de São Tiago, o bairro está repleto de monumentos religiosos, culturais e históricos que o tornam digno de uma visita.

Os viajantes podem explorar a Catedral de St. James e os corredores da Igreja de St. Toros - duas das estruturas mais antigas do bairro, ou passear pelos jardins do Seminário Alex e Marie Manoogian - uma escola moderna para aqueles que estudam as tradições sagradas. O Museu de Arte e Cultura Armênia Helen e Edward Mardigian destaca as contribuições artísticas dos armênios e a Biblioteca de Manuscritos de St. Toros abriga a segunda maior coleção de manuscritos armênios do mundo.

Saiba mais
Mesquita Al-Aqsa

Mesquita Al-Aqsa

star-5
83

Dentro do al-Haram al-Sharif da Velha Jerusalém, ou Santuário Nobre, fica o terceiro local mais sagrado do Islã, depois de Meca e Medina. A mesquita de al-Aqsa, que se traduz como "a mesquita mais distante", fica ao lado da Cúpula da Rocha, e acredita-se que Maomé ascendeu ao céu a partir deste local depois de ser transportado da Mesquita Sagrada em Meca.

Ao longo dos séculos, a mesquita com cúpula de prata foi destruída em vários terremotos diferentes e, posteriormente, reconstruída. Com quatro minaretes, a estrutura atual é característica da arquitetura islâmica primitiva. O interior contém 121 vitrais, sua cúpula maciça pintada com designs do século XIV. A cúpula foi recuperada em chumbo em 1985 para substituir a tampa de alumínio por sua tampa original. Embora Israel mantenha o controle do espaço, ele é supervisionado pelo Waqf, uma autoridade jordaniana e palestina dos locais sagrados muçulmanos em Israel.

Saiba mais
Belém

Belém

star-4.5
1200

Uma antiga cidade na Cisjordânia nos Territórios Palestinos Ocupados, Belém é o lar de muitos locais religiosos importantes, incluindo a Igreja da Natividade na Praça da Manjedoura, considerada pelos cristãos como o local de nascimento de Jesus.

Saiba mais
Monte das oliveiras

Monte das oliveiras

star-4.5
650
Uma excursão ou atividade

A leste da Cidade Velha, separando Jerusalém do Deserto da Judéia, fica o Monte das Oliveiras, um dos locais de escrituras mais famosos da cidade. A famosa montanha é mencionada tanto no Antigo quanto no Novo Testamento, primeiro como a rota de fuga que Davi usou durante a rebelião de seu filho, e novamente pelos profetas. O Novo Testamento relata Jesus se dirigindo a seus alunos do Monte das Oliveiras.

Além de sua importância religiosa, o Monte das Oliveiras também é historicamente significativo. Nas encostas mais baixas da montanha, você encontrará o cemitério judeu, considerado o cemitério mais antigo do mundo ainda em uso e local de sepultamento de muitas figuras judaicas proeminentes, incluindo Zacarias e o filósofo Nahmanides. O sopé da montanha também abriga os Jardins do Getsêmani, a Igreja de Todas as Nações e a Igreja Ortodoxa Russa de Maria Madalena.

No topo da montanha, o Ponto de Observação do Monte das Oliveiras oferece vistas panorâmicas das cúpulas e torres da Cidade Velha abaixo. Se possível, vá ao topo logo pela manhã, para que você tenha o sol nas costas para tirar fotos, antes de explorar o resto da área.

Saiba mais
Tumba do Rei Davi

Tumba do Rei Davi

star-5
485

Alguns consideram a Tumba do Rei Davi, no local sagrado do Monte Sião de Jerusalém, o local do sepultamento do Rei Davi de Israel, mas se ele foi realmente enterrado lá é debatido. Independentemente da existência do túmulo, o lugar tem um significado profundo para judeus, muçulmanos e cristãos, e muitos peregrinos viajam para prestar homenagem a cada ano.

Saiba mais
Igreja Dominus Flevit

Igreja Dominus Flevit

star-4.5
424

Situada no meio do Monte das Oliveiras, a Igreja Dominus Flevit é uma igreja franciscana proeminente em Jerusalém. O nome é traduzido do latim para "O Senhor Chorou", com a estrutura em forma de lágrima para simbolizar as lágrimas de Jesus. Diz-se que marca o local onde Jesus olhou para Jerusalém e chorou, sabendo que a cidade estava destinada a ser destruída.

O local ficou desmarcado até a era das Cruzadas, quando uma pequena capela foi construída que acabou caindo em ruínas. A estrutura atual foi construída em 1955 pelo arquiteto italiano Antonio Barluzzi, apoiada em séculos de história e ruínas - incluindo o mosteiro da era bizantina e uma antiga necrópole. Hoje a igreja tem uma vista panorâmica de Jerusalém, freqüentemente fotografada. A janela do altar oferece uma vista panorâmica da cidade com foco na Igreja do Santo Sepulcro.

Saiba mais
Igreja de Santa Ana

Igreja de Santa Ana

star-4.5
121

A impressionante fachada branca e cinza da Igreja de Santa Ana é uma das igrejas dos cruzados mais bem preservadas em Jerusalém. Também é reconhecido como o local do nascimento da Virgem Maria e a casa original dos avós maternos de Jesus.

Esta estrutura semelhante a uma fortaleza foi construída por volta de 450. Os peregrinos religiosos viajam para este destino, que oferece uma pausa tranquila da energia do bairro muçulmano, para oração e contemplação. O edifício excepcionalmente assimétrico oferece uma acústica incrível, e os visitantes que tiverem a sorte de assistir ao pequeno coro local se apresentarão, verão suas vozes soar como uma enorme multidão dentro dos corredores da Igreja de St. Anne.

Saiba mais
Cúpula da Rocha

Cúpula da Rocha

star-5
510
2 excursões e atividades

Construído no século VII, o Domo da Rocha é um dos santuários muçulmanos mais famosos do mundo. A icônica cúpula de madeira dourada e a base octogonal ornamentada marcam o local onde se acredita que o Profeta Muhammad ascendeu ao céu. Localizado no Monte do Templo na Cidade Velha de Jerusalém, o santuário também abriga a Pedra Fundamental e é um importante local sagrado.

Saiba mais
Monte do Templo (al-Haram al-Sharif)

Monte do Templo (al-Haram al-Sharif)

star-5
540
Uma excursão ou atividade

O Monte do Templo na Cidade Velha de Jerusalém é um platô elevado de pedra que abriga algumas das estruturas religiosas mais importantes do mundo, incluindo a Cúpula da Rocha, a Mesquita de Al Aqsa e o Muro das Lamentações. O Monte do Templo cobre uma área de 35 acres conhecida como al-Haram al-Sharif e é considerado um lugar sagrado no Islã, Judaísmo e Cristianismo.

Saiba mais
Piscina de Betesda

Piscina de Betesda

star-4.5
136

No Evangelho de João, capítulo 5, diz-se que Jesus curou milagrosamente um paralítico no tanque de Betesda. Essas piscinas foram descobertas e escavadas durante o século XIX, quando a Igreja de Santa Ana, localizada no mesmo terreno, estava sendo restaurada. Este banho público provavelmente foi usado durante o primeiro século AC e primeiro século DC.

A igreja românica foi construída em 1140 pelos cruzados no local onde Hannah, mãe de Maria, nasceu. É considerado um dos melhores exemplares da arquitetura medieval em Israel e é famoso por sua acústica impressionante. Fique por alguns minutos e você frequentemente ouvirá hinos sendo cantados.

Saiba mais
Sala da Última Ceia (Cenáculo)

Sala da Última Ceia (Cenáculo)

star-5
271

A Sala da Última Ceia - também conhecida como Cenáculo, baseada na palavra latina para sala de jantar, Coenáculo - é um local religioso sagrado visitado por muitos peregrinos todos os anos. Na tradição cristã, os crentes dizem que nesta mesma sala, no santo Monte Sião em Jerusalém, Jesus compartilhou sua última ceia pascal com seus apóstolos na noite anterior à sua morte.

Saiba mais
Capela da Ascensão

Capela da Ascensão

star-4.5
109

A Capela da Ascensão no Monte das Oliveiras em Jerusalém é um local sagrado para cristãos e muçulmanos. Afirma ser a mais antiga das três igrejas localizadas no Monte. Embora se acredite que Jesus deu seus passos finais antes de subir ao céu aqui (há até mesmo uma impressão de pegada em uma laje de pedra que se acredita ser do pé direito de Jesus), o local foi convertido em uma mesquita, depois de ser capturado pelo sultão muçulmano Saladino no século 10. Ele permanece sob o controle de um grupo islâmico, embora todas as religiões sejam bem-vindas.

Muitos acreditam que a Assunção de Jesus, 40 dias após sua ressurreição, ocorreu dentro de uma caverna. No entanto, uma igreja foi construída neste local no século IV. O seu exterior é marcado por arcadas e estreitas colunas de mármore, de estilo românico.

Saiba mais

icon_solid_phone
Reserve online ou por telefone
+55 (21) 3956-1660
+55 (21) 3956-1660