Buscas recentes
Limpar

Saiba mais sobre a nossa resposta ao Covid-19.

Leia mais

Ilha do Sul Atrações

Categoria

Franz Josef Glacier
star-5
298
39 excursões e atividades

Uma das geleiras que se movem mais rápido no mundo, a Franz Josef é um espetacular rio de gelo. Também é uma das geleiras mais íngremes do mundo, erguendo-se por 2,5 km ao longo do seu persurso de 12 km através do vale, terminando na exuberante floresta temperada.

A geleira passa por caminhos irregulares que forçam a elevação do gelo, criando drásticos penhascos e rachaduras no gelo. Mais de 2.700 pessoas visitam o local por dia durante a alta temporada. Alguns exploram a frente do terminal, enquanto outros preferem os voos de helicóptero para admirar as vistas panorâmicas e ter acesso às quedas de gelo mais elevadas, para poderem clamar sobre o gelo e esculpir uma aventura na deslumbrante e desafiadora superfície.

Leia mais
Larnach Castle
star-4.5
28
24 excursões e atividades
Construído entre 1873 e 1887, o Castelo de Larnach é o único castelo em toda a Nova Zelândia. Situado em um belo terreno de 14 hectares, explorar seus jardins e interiores é uma ótima programação para um dia inteiro. Para uma estadia prolongada, você pode ficar no Larnach Lodge, de 4 estrelas, localizado nas terras do castelo.

Construído por um banqueiro e político australiano, o castelo apresenta uma combinação de estilos americano, veneziano e gótico na decoração e arquitetura, tornando-se totalmente elaborado e único. Além de seus ornamentados interiores e bem cuidados jardins, turistas e hóspedes se reúnem no Larnach para uma experiência sobrenatural: diz-se que o castelo é assombrado por vários membros da família Larnach.

Não deixe de tomar um chá ou saborear um almoço leve no salão de baile, uma das partes mais bonitas do castelo, bem como visitar o viveiro de plantas da propriedade.

Leia mais
Lake Wakatipu
star-5
1
59 excursões e atividades

O reluzente Lago Wakatipu é o maior lago da Nova Zelândia. Com a forma de um N invertido, ele é um dos destaques de uma viagem para Queenstown, que fica aninhada em uma curva perto do meio do lago.

Durante a Era do Gelo, uma enorme geleira esculpiu o lago, que chega a uma profundidade de 400 metros. As montanhas circundantes que alimentaram a geleira conferem um cenário dramático às águas cristalinas.

A pressão atmosférica faz com que o lago suba e desça cerca de 12 centímetros a cada 5 minutos e isso originou a lenda maori que diz que o movimento d'água é o coração de um gigante adormecido dentro do lago.

O magnífico lago foi o local de gravação das cenas de Lothlorein em O Senhor dos Anéis.

Se você deseja entrar em suas águas da maneira mais conveniente, suba a bordo do navio a vapor vintage TSS Earnslaw. Os cruzeiros pelo lago o levam até o Walter Peak, onde você pode ver uma fazenda em funcionamento.

Leia mais
Dunedin Railway Station
star-4.5
42
18 excursões e atividades
Conhecida pelos residentes locais como "Gingerbread George" por causa de sua arquitetura rebuscada, a Estação de Trem de Dunedin, na Ilha Sul da Nova Zelândia, foi projetada por George Troup e inaugurada em 1906. Nos primeiros anos, a estação era a mais movimentada do país, com pelo menos 100 trens passando pelos seus trilhos diariamente.

Enquanto a estação ainda está em operação, o tráfego ferroviário reduzido significa que o icônico prédio hoje serve a várias outras funções, e também tem um trem turístico que percorre a zona rural através de Middlemarch, Palmerston ou Pukerangi que parte diariamente dela. Mas ainda há muito para fazer aqui sem precisar sair da estação; o térreo abriga um restaurante popular, e o New Zealand Sports Hall of Fame e a Otago Art Society encontram-se no andar superior.

Leia mais
Milford Sound
star-5
143
67 excursões e atividades

Descrita como a oitava maravilha do mundo por Rudyard Kipling, Milford Sound é a principal atração turística da Nova Zelândia.

Ao entrar, você se vê cercado por penhascos de 1200 metros de altura, esculpidos por geleiras, erguendo-se dramaticamente de águas escuras. Entre os picos mais altos estão The Elephant com 1500 metros, que recebeu este nome por assemelhar-se a uma cabeça de elefante, e The Lion, de 1300 metros, que parece um leão agachado. Mais de 7 metros de chuva caem sobre o local a cada ano, criando espetaculares cachoeiras e exuberantes florestas nas encostas circundantes.

Muitas espécies selvagens podem ser vistas aqui, incluindo pinguins, focas, golfinhos e - se você tiver sorte - baleias. O alto nível de tanino na água também possibilita que você veja corais pretos, que normalmente só podem ser vistos submersos em águas profundas.
Leia mais
Banks Peninsula
star-4
1
16 excursões e atividades
A Península de Banks é uma parte de Christchurch que muitos visitantes ignoram. Esta península circular em grande parte subdesenvolvida tem uma importância óbvia no mapa, mas a grande maioria dos visitantes de Christchurch acabam não explorando a área.

A única exceção é a cidade de Akaroa, um dos passeios de um dia mais populares de Christchurch. Este encantador local da herança francesa fica a 90 minutos de carro de Christchurch, e as suas lojas de luxo e casinhas decoradas com roseiras oferecem uma bela paisagem ao seu porto protegido. O porto em si é a caldeira do vulcão que formou a península, e as suas águas calmas são um local popular para passeios de barco e nadar com os golfinhos. Ao longo do caminho para Akaroa você vai passar por pastagens e fazendas, e algumas vinícolas e estabelecimentos de alimentos gourmet estão espalhados ao longo da rodovia.

Leia mais
Taieri Gorge Railway
star-4
22
4 excursões e atividades

Os visitantes e moradores afirmam que se há uma coisa que ninguém pode deixar de fazer em Dunedin, é um passeio no Taieri Gorge Railway. Fuja da cidade, desfrute de vistas deslumbrantes e aprenda a interessante história do lugar em um só passeio.

Fazendo a ligação entre Pukerangi e Middlemarch, os trens partem diariamente de manhã e à tarde, e os passeios são completos, com narração e comentários ao vivo sobre a história da região, bem como os pontos turísticos do trajeto.

Não deixe de conferir a plataforma de observação para as melhores vistas do espetacular desfiladeiro, belas planícies e do tranquilo Rio Taieri, enquanto admira o trabalho dos pioneiros de Dunedin, que construíram os túneis de trem manualmente há mais de uma centena de anos atrás.

Leia mais
Pegasus Bay Winery and Restaurant
star-4.5
7
3 excursões e atividades
A Pegasus Bay é uma vinícola e restaurante operada em família, e situada no Vale do Waipara, ao norte de Christchurch. Os vinhos da Pegasus Bay são feitos com frutas cultivadas nos vinhedos da família Donaldson.

Os Donaldsons têm cultivado uvas e produzido vinho desde o início da década de 1970. Com uma equipe composta de marido, esposa e três filhos, a família usa métodos naturais, e a vinícola produz Sauvignon, Riesling, Chardonnay, Pinot Noir, Merlot e Cabernet. A vinícola também é conhecida por alguns vinhos reserva.

Leia mais
Lake Tekapo
star-4.5
4
24 excursões e atividades
Este lago azul turquesa situado no cenário montanhoso vai lhe impressionar durante o dia, mas quando o sol se põe, as estrelas aparecem lhe oferecendo um novo motivo para se apaixonar por ele.

O Lago Tekapo é parte de uma Reserva Dark Sky da UNESCO, tornando-se um maravilhoso local para observação das estrelas, então não deixe de reservar algum tempo para visitar o Mount John Observatory. Os residentes se empenham para reduzir a poluição luminosa e os benefícios astronômicos ficam evidentes. Os telescópios de alta potência podem fornecer uma visão do céu como você nunca viu antes. Se vier na época certa, o Mount John Observatory também é um ótimo lugar para ver as luzes do sul, a versão do hemisfério sul para as luzes do norte, que são melhor apreciadas de abril a setembro. As termas de Tekapo podem aquecê-lo depois de uma noite fria de observação das estrelas. Com piscinas termais e spas, tudo é relaxante por aqui, a menos que você esteja viajando com crianças. Se for o caso, os tobogãs, a pista de patinação e o parque, ou a combinação de todos eles, garantem o entretenimento.

Leia mais
Mt. Potts
Uma excursão ou atividade
Mesmo com as várias paisagens que foram utilizadas durante as filmagens da trilogia O Senhor dos Anéis, o local sem dúvida mais espetacular foi a cidade de Edoras. Construída no topo do Mt Sunday, em uma região remota de Canterbury, até a equipe de produção se dizia surpresa com tanta beleza e serenidade no local.

Para aqueles que estão viajando pela Ilha Sul da Nova Zelândia, o Mt Sunday fica cerca de 30 minutos de distância da cidade de montanha Mt Potts. Durante o inverno, há uma estação de esqui por aqui, onde os esquiadores são transportados por snowcats, e durante o resto do ano tem um pequeno posto avançado com um restaurante, uma fazenda de gado e um chalé. Mesmo que fique a apenas duas horas de Christchurch, esses trechos do Vale do Rangitata estão envoltos em um distanciamento refrescante. Dada a beleza do local e a fama que ganhou nos filmes, muitos dos tours de temática Senhor dos Anéis a partir de Christchurch fazem uma visita ao local.

Leia mais

Ilha do Sul: outras atrações

Christchurch Botanic Gardens

Jardim Botânico de Christchurch

star-4.5
23
23 excursões e atividades
Christchurch é conhecida como a cidade jardim, um reduto anglófilo de jardins bem cuidados e ruas arborizadas. O local de maior orgulho para esta cidade de amantes de flores vai para o Jardim Botânico, atraentemente situado dentro de uma curva do sinuoso Rio Avon. Os jardins são plantados com milhares de plantas exóticas e indígenas, com destaque especial indo para as suas passarelas Tília, convidativos gramados e flores sazonais como magnólias, azaleias e rosas.

Vários conservatórios protegem uma variedade de espécies, incluindo plantas do deserto, flores tropicais, begônias, plantas alpinas e orquídeas. Os jardins são o local ideal para um piquenique, ou para encontrar um local relaxante para passar alguns momentos tranquilos longe do agito da cidade.

Saiba mais
Aoraki/Mt. Cook National Park

Aoraki / Parque Nacional do Monte Cook (Te Wahipounamu)

star-5
19
15 excursões e atividades
Uma maravilhosa área de Patrimônio Mundial da UNESCO medindo 700 quilômetros quadrados, o Aoraki / Parque Nacional do Monte Cook se estende de Westland até Fiordland, na Ilha do Sul.

22 das montanhas mais altas da Nova Zelândia ficam neste parque, incluindo o poderoso Monte Cook de 3755 metros, o pico mais alto do país. Talvez a melhor maneira de apreciar a grandeza das montanhas seja a partir dos céus, em um passeio de helicóptero sobrevoando o parque. Uma meca para os montanhistas, caminhantes, esquiadores e amantes de belezas naturais, suas atrações incluem a geleira de Tasman e o caloroso e acolhedor Heritage, o hotel mais famoso da Nova Zelândia.

Saiba mais
Lake Pukaki

Lago Pukaki

17 excursões e atividades
Se você alguma vez já viu uma foto do Lago Pukaki, provavelmente ficou pensando que ele não poderia ser de verdade. Afinal de contas, a cor da água - um turquesa fluorescente brilhante - tem o mesmo efeito atraente de olhos azuis. A tonalidade da água parece coincidir com o céu, e, além de estar rodeada por planícies abertas, o pináculo do Aoraki / Mount Cook vigia de cima a maior parte da costa. Isolado, vazio, e incomparavelmente cênico, existem poucos lugares na Ilha Sul da Nova Zelândia que conseguem inspirar tanta admiração.

Correndo no sentido norte ao sul e alimentado pelas geleiras, este lago estreito é paralelo à estrada que leva a Aoraki / Mount Cook National Park. São os sedimentos glaciais dos Alpes do Sul que dão ao lago a sua tonalidade única, e nos dias mais claros, em que as águas azul-turquesa contrastam com a neve que cobre o Mount Cook, é uma paisagem que facilmente consegue gastar toda a bateria das câmeras fotográficas/celulares.

Saiba mais
Walter Peak High Country Farm

Walter Peak High Country Farm

star-5
96
3 excursões e atividades

Experimente a tranquilidade de viver em uma fazenda da Ilha Sul na Nova Zelândia com uma visita a Walter Peak High Country Farm, uma fazenda operacional de ovelhas e gado. A remota fazenda fica em frente ao Lago Wakatipu de Queenstown, ao longo de uma seção em grande parte inacessível de carro. Para chegar lá, você vai fazer um passeio pelo lago, a bordo do TSS Earnslaw, um navio a vapor maravilhosamente restaurado. Uma área aberta permite que você veja os motores a vapor originais em funcionamento enquanto eles movimentam o navio pelo lago.

Ao chegar, uma visita guiada o levará aos veados, cabras, ovelhas e gado das montanhas. Você também vai assistir cães pastores treinados guiando os rebanhos, antes de encontrar e alimentar as ovelhas e aprender a cortar a sua lã. Faça um passeio pelos jardins exuberantes ao longo da margem do lago antes de parar em Colonel's Homestead para tomar chá e comer bolinhos em torno de uma lareira.

Saiba mais
Fiordland National Park

Fiordland

star-5
230
41 excursões e atividades
O Fiordland é o cartão postal da Nova Zelândia: são montanhas, paisagens escarpadas e lagos deslumbrantes. Dentro do Fiordland você vai encontrar algumas das melhores atrações da Nova Zelândia, como o popular e impressionante Milford Sound e o menos acessível, mas também de tirar o fôlego, Doubtful Sound.

Esta é uma das paisagens mais dramáticas da Nova Zelândia e como é praticamente desabitada por seres humanos, é um paraíso para a vida selvagem. As montanhas são o lar de aves florestais, enquanto os lagos e fiordes abrigam pinguins, focas, leões marinhos, golfinhos e, ocasionalmente, baleias. Há vários passeios incríveis pela área; o mais conhecido é o Milford Walk, que o leva, durante quatro dias, do início do Lago Te Anau até Milford Sound. As trilhas Routeburn e Kepler também são interessantes. Outras atividades disponíveis incluem pesca, canoagem, mergulho e equitação.

Saiba mais
Christchurch Tram

Bonde Histórico de Christchurch

star-4.5
23
6 excursões e atividades
Embarque em um bonde clássico para um passeio descontraído pelo centro de Christchurch. É a forma mais relaxante e divertida de se orientar, ver as atrações e os pontos turísticos da cidade.

Os bondes saem da Cathedral Square, no centro de Christchurch. A rota então atravessa a Worcester Bridge sobre o rio Avon, passa pelo Jardim Botânico e segue em frente às lojas de Armagh Street. Todos os bondes oferecem comentários informativos a bordo. Por que não combinar o seu city tour em um bonde com a sua refeição noturna, e fazer um passeio no Restaurant Tram à noite? O bonde de estilo colonial oferece todo o conforto, e o cardápio apresenta especialidades locais como cordeiro e frutos do mar.

Saiba mais
Avon River

Rio Avon

10 excursões e atividades

Para os nativos Maori, o Rio Avon era uma área de pântano que era usada como um local de pesca sazonalmente. A área em torno de sua foz era predominantemente desabitada, e a água fresca das suas nascentes era utilizada para fins sagrados de cura.

Atualmente, o Avon é um rio sinuoso que tece o seu caminho através de Christchurch, suas águas suaves oferecendo uma presença calmante para a agitação urbana da cidade. O rio corta subúrbios ocidentais como os de Riccarton e Fendalhead, e, em seguida, passa diretamente pelo centro de Christchurch e o pelo vasto Hagley Park. Para o leste da cidade, o Avon finalmente desagua no Pacífico, não muito longe da cidade litorânea Sumner.

No centro de Christchurch, passear de barco no Rio Avon desde Hagley Park é uma popular atividade turística. Sente-se e relaxe enquanto navegadores experientes o levam ao longo do rio, e veja as paisagens de Christchurch enquanto flutua junto às suas margens.

Saiba mais
Arthur's Pass National Park

Parque Nacional Arthur's Pass

star-4.5
25
7 excursões e atividades
Este parque nacional super cênico fica em Central Canterbury, emergindo das planícies. Atraindo os esquiadores no inverno e os caminhantes no verão, o Parque Nacional Arthur's Pass também é uma viagem de um dia popular a partir de Christchurch.

Percursos fáceis para caminhadas partem do centro de informações aos visitantes, levando a mirantes e proporcionando vistas panorâmicas sobre os picos cobertos de neve ao redor. Apresentando a lendária beleza natural da Nova Zelândia, uma viagem de um dia para o parque também revela cenários de extensos bosques, floresta tropical, passagens de montanha e picos elevados.

Se você estiver considerando fazer trekking na Nova Zelândia, observe que este é um terreno complicado, e aconselhado apenas para os caminhantes experientes. As trilhas não são sempre marcadas, e elas podem envolver travessias de rios, além de o clima ser bastante instável.

Saiba mais
Coronet Peak

Coronet Peak

21 excursões e atividades
Localizado a apenas 25 minutos de Queenstown, o Coronet Peak é um dos resorts de esqui mais populares em toda a Ilha Sul da Nova Zelândia. Este histórico local de esqui é oficialmente o mais antigo da nação, e quando abriu em 1947, tinha apenas um único cabo de reboque.

Hoje, no entanto, Coronet Peak é um resort de esqui moderno em linha com os melhores do país. Além de ser o mais antigo da nação, é também um dos últimos resorts em que a neve derrete. Dada a sua localização ao Sul, temperaturas mais frias rendem uma temporada mais longa e melhores condições para a neve. Na maioria dos anos, Coronet Peak abre as suas encostas por volta da metade do mês de junho, e fica aberto durante todo o inverno até a montanha derreter em outubro. Além da longa temporada, o resort oferece vistas sobre o Lago Wakatipu e dos Alpes do Sul ao redor.

Saiba mais
Kawarau Suspension Bridge

Ponte Suspensa do Kawarau

26 excursões e atividades

42 metros acima das águas do dramático desfiladeiro Kawarau, nenhuma atração é mais icônica em Queenstown que a histórica Ponte Kawarau. Construída em 1880, esta rústica ponte conectava Queenstown com as regiões de ouro de Otago. Com a construção de uma estrada de asfalto, no entanto, o tráfego deixou a ponte e ela começou a ser frequentada por ciclistas e corredores.

Então, em 1988, o aventureiro A.J. Hackett decidiu amarrar um cabo de bungy jump nos seus tornozelos e se jogar da ponte. Quando suas mãos mergulharam nas águas abaixo e a corda o puxou de volta em direção à ponte, começou oficialmente atividade de bungy jumping em Queenstown. Hoje, centenas de visitantes lotam a ponte para ver os mais corajosos saltando no desfiladeiro. Para os que estão tomando coragem, a correnteza da água em cascata através do desfiladeiro abafa os suspiros dos mais medrosos.

Saiba mais
Hagley Park

Hagley Park

3 excursões e atividades
Sem dúvida, o Hagley Park é a mais verde, mais relaxante, mas também a mais movimentada milha quadrada em Christchurch. No lado relaxante, este parque central oferece dezenas de oportunidades para momentos de lazer na cidade. Reme nas águas do rio Avon que delimita um lado do parque, ou passe uma hora em meio ao jardim botânico totalmente rodeado pelo parque. Estique a sua toalha na grama e faça um piquenique no verão, ou fotografe as famosas flores silvestres na primavera.

Por mais traquilo que o Hagley Park possa ser, no entanto, ele pode mudar radicalmente para um local pulsante durante um dos inúmeros festivais de Christchurch. Em grandes eventos, como o World Buskers Festival ou o Great Kiwi Beer Festival, dezenas de milhares de residentes de Christchurch podem aproveitar o espaço de uma forma totalmente diferente.

Saiba mais
Doubtful Sound

Doubtful Sound

star-5
42
7 excursões e atividades

Doubtful Sound é uma das áreas de deserto mais lindas do mundo. Um lugar impressionante de picos e águas calmas, é apelidado de "Sound of Silence" por causa da incrível quietude e paz que o preenche. Em um momento, pode estar ensolarado e com o céu limpo, e no próximo, já está envolto em névoa e mistério.

Doubtful Sound é um fiorde longo esculpido por geleiras entre 15 e 75 mil anos atrás, e é três vezes mais longo e dez vezes maior do que o mais popular e acessível nas proximidades, Milford Sound. É composto por três ramificações e é repleto de deslumbrantes cachoeiras e ilhotas. Estas são os principais pontos para ver os pinguins e focas da região.

Saiba mais
New Regent Street

New Regent Street

5 excursões e atividades
Quando construída pela primeira vez, em 1930, a New Regent Street era louvada como "a mais bela rua da Nova Zelândia". Atualmente, após os terremotos devastadores de 2010 e 2011, a rua recuperou a sua fachada colorida - construída em estilo missão espanhola - onde construções coloridas de dois andares abrigam lojas, restaurantes e cafés.

Quando a rua foi construída pela primeira vez na Grande Depressão, apenas 3 dos 40 prédios originais foram ocupados por inquilinos que pagaram pelo arrendamento, devido às dificuldades econômicas da época e à incapacidade deles em pagar o aluguel. Gradualmente, um número crescente de empresas se estabeleu por aqui, e a rua foi reconstruída como um calçadão pedonal em 1994. Quando os fatídicos terremotos atingiram Christchurch, a New Regent Street foi um dos primeiros locais a ser reconstruído e receber residentes e visitantes novamente, mas muitos reparos eram temporários e ainda precisam de uma restauração permanente.

Saiba mais
Mt. Cook (Aoraki)

Monte Cook (Aoraki)

star-5
24
3 excursões e atividades
O pico mais alto da Nova Zelândia, o magnífico Monte Cook (Aoraki), alcança 3764 metros de altura. O nome maori Aoraki significa "perfurador de nuvem" e sua beleza marcante faz com que ela seja uma das melhores montanhas da ilha. Das 27 montanhas da Nova Zelândia com mais de 3 mil metros, 22 estão nesta cadeia montanhosa que oferece um cenário espetacular de picos cobertos de neve e florestas tropicais exuberantes.

Os lagos glaciais das montanhas são populares entre aqueles que gostam de pescar e navegar, enquanto o resto da montanha oferece passeios a cavalo, safaris em 4x4, voos panorâmicos e excelentes oportunidades de escalada de montanha para os alpinistas experientes. Sir Edmund Hillary alcançou o cume do Monte Cook em 1948, antes de escalar o Everest em 1953.

A Geleira Tasman fica no lado leste da montanha, e a Geleira Hooker no oeste. É possível fazer passeios guiados de esqui para a Geleira Tasman, enquanto a Geleira Hooker oferece algumas trilhas excelentes para caminhadas.

Saiba mais

icon_solid_phone
Reserve online ou por telefone
+55 (21) 3956-1660
+55 (21) 3956-1660